A ARQUIBANCADA NA REDE - WEB ARQUIBANCADA
"Em 40 anos de jornalismo, nunca vi liberdade de imprensa. Ela só é possível para os donos do jornal". (Cláudio Abramo, que dirigiu Folha e Estadão)

Busca

Pesquisa personalizada

28 de ago de 2009

Champions League

Dei uma olhada nos grupos da sen-sa-cio-nal Champions League. Vejam vocês que, com certeza, vai começar 'o melhor futebol do mundo', a temporada de clássicos mundiais. Pelo menos é isso que dirão as emissoras que transmitem a competição. Por aqui só jogos 'meia-boca', por lá clássicos. Vejam alguns:

No grupo A teremos, por duas vezes, o monumental embate entre Bordeaux vs. Maccabi Haifa, e no grupo B Besiktas vs. Wolfsburg. Clássicos, de arrepiar.

Pelo grupo F, aí sim, um clássico de se perder o dia defronte ao aparelho de televisão. Diria até que devemos, inclusive, providenciar cerveja, comprar camisas e, quem sabe, arrumarmos umas 'vuvuzelas'. Olha que confronto: Dynamo Kiev vs. Rubin Kazan.

Não meus caros, não para por aí. Teremos ainda um AZ vs. Olympiacos, ou um Standard Liège vs. AZ, tudo pelo grupo H, e transmitido - com o devido entusiasmo -, pelos canais pagos, e alguns jogos ainda por canais abertos.

Pensa que acabou? Não, teremos outros clássicos, como por exemplo, Rangers vs. Unirea Urziceni. Não é de se emocionar?

E depois, às segundas-feiras, lá na ESPN-Brasil, o Calazans, o Trajano, o Kfuro e cia. bela, vão criticar o nível técnico do futebol doméstico. Vão dizer que só tem jogo ruim, que aqui só tem perna-de-pau e que os jogos foram - os daqui -, invariavelmente, ruins tecnicamente.

O bom mesmo é a Champions League. Acho até que vou comprar uma camisa do AZ, seja lá o que isso queira dizer, e de onde quer que seja essa 'coisa' aí!

Como diria o outro: Meu Deus! Gzuis!

Jornalismo ou ficção?

Fomos obrigados a ler isso 'Love volta para qualquer clube. Menos o Palmeiras...' no blog do Cosme Rímoli.

Nesse meio tempo os 'blogues de torcedores' noticiavam 'Love', 'Love confirmado' e 'Love fechou'.

Hoje, a diretoria disse que 'Vagner Love está de volta ao Palmeiras'.

Enquanto isso, lá no blogue daquele que disse que Love viria para qualquer time menos o Palmeiras há uma enquente, uma sondagem, extremamente criativa. Por lá hoje se pergunta 'Quem é melhor? Marcos ou Rogério Ceni? Isso que se chama senso de oportunidade. Por lá disfarça-se a 'barriga' com enquetes batidas.

Isso é jornalismo, isso é a mostra que a grande imprensa e seus 'dinossauros' estão com os dias contados. A sociedade da informação, através da internet, não deixa que a memória, agora definitivamente coletiva, seja apagada.

E aí, Rímoli, vai se retratar ou vai por no ar mais uma enquete, do tipo 'Quem é melhor? Obina ou Vagner Love?

Love

Sim meus amigos, a diretoria confirmou que Vagner Love está de volta ao Palmeiras, e o que é melhor é que nenhum jogador do elenco foi envolvido na transação. Ou seja, além de mantermos o atual elenco intacto, reforçamos o mesmo com com um jogador de seleção brasileira, um matador nato.

Mas, isso todos devem saber, pois está no site do Palmeiras, em todos os sites da 'grande' imprensa. No twitter.

Ontem, confirmei aqui a informação que obtivemos através do Blog Cruz de Savóia, do amigo Raphaello, carinhosamente apelidado aqui e no twitter como 'The King of the hole' (O Rei do Furo). Ele já havia dado o furo (EU SOU FODA!) da contratação do técnico Muricy Ramalho, informando que o acerto estava concretizado, mas que por conta de pendência do time Leonor com nosso atual técnico teríamos que esperar. Foi o que aconteceu.

Sobre Love Raphaello noticiou no dia 14/08/09, sob o título (Love Fechou!!!) que o acerto estava concretizado, e ontem confirmou a notícia. Leiam aqui e aqui os dois posts do Cruz de Savóia sobre o caso.

No caso das informações sobre a venda de Diego Souza ele 'errou', mas como todos podem perceber havia sim a intenção da venda, pois foi preciso reunião e coletiva de imprensa da diretoria e da 'parceira' confirmando que ninguém sairia para que os comentários e 'boatos' cessassem, e foi preciso uma ação mais enérgica de nossa diretoria para que nesse ano ninguém do elenco fosse negociado.

Em tempos de internet há quem diga que furos não são importantes. Até acredito que não sejam mesmo, pois com a notícia girando em tempo real as distâncias de tempo são tão pequenas que o termo furo perde um pouco da conotação que tinha antigamente. Agora, que é legal ver um blogueiro dando 'toco' e 'furando'(sim!) os grandões não tem preço.

Àqueles que não dão valor ao 'furo' do "King of the Hole" saibam que ele, pelo twitter, 'furou' também a grande imprensa no caso da morte de Michael Jackson. Enquanto todos esperavam pela CNN ele deu crédito ao site de celebridades TMZ, bancou a informação, e confirmou que o ídolo pop havia morrido.

No caso de Love vejam o que escreveu o Cosme Rímoli em 21/07/09 ('Love volta para qualquer clube. Menos o Palmeiras...'). Ontem, Conrado Giulietti, diga-se de passagem um dos poucos que ainda 'fura' algo na grande imprensa, 'barrigou ' e disse o seguinte: 'Vagner Love vem ao Brasil nos próximos dias..., mas em nada tem a ver com uma transferência'.

Bem, o importante é que Vagner Love vai reforçar nossa equipe em busca de mais um título nacional, mas que é bem bacana ver blogueiro dando toco em 'jornalista' isso é!

Finalmente, nossos parabéns à diretoria do Palmeiras que manteve o atual elenco durante a 'famigerada' janela de transferência e ainda reforçou o time com Vagner Love. Ao presidente Beluzzo, que já foi criticado aqui, nossa certeza de que ele - com essas atitudes - está mostrando à que veio e se transformando em um dos maiores presidente da história do Palmeiras.

Esse blogue, que já chegou a pedir a sua renúncia, faz sim o 'mea culpa', se desculpa com o presidente, e afirma que os momentos de raiva, e veneno destilado, tem mais a ver com nosso perfil de torcedores do que com qualquer perseguição pessoal a quem quer que seja. Afinal, somos - eu sou - descendentes de calabreses, sangue quente e agimos para depois pensar, o que - em diversos momentos - é virtude; mas em outros, como ao que me refiro nesse parágrafo, são defeitos, fruto da vontade de ajudar com críticas, mas que nem sempre atingem os seus objetivos e que, diversas vezes, tende a atrapalhar.
____________________
Os leitores podem perguntar: mas por que catzo o Ademir está elogiando tanto o Raphaello? Explico. Quando o Raphaello criou seu blogue me disse que se 'inspirou' na saga de blogueiro deste que aqui escreve. Então, o orgulho de ter 'inspirado' algo que se tornou grande, e que cumpre o papel de veículo informativo à toda - ou parte - da torcida alviverde, é imenso. Parabéns Seo Cruz.

Bolão Brasileirão 2009 - Rodada 22

Jogo para despacharmos as meninas e rumarmos em céu de brigadeiro para mais um título nacional. Então, nessa rodada há pontuação especial: caso o apostador acerte placar e (vejam que não é OU) artilheiros, ganhará MAIS 10 pontos de bônus além daqueles de que já é merecedor pelos acertos.

Estou devendo a atualização da última rodada, mas farei as duas (21 e 22) na próxima segunda-feira.

Então, vamos aos palpites senhoras e senhores.



Ah, só para lembrar, à maneira twitter: SAI, SAI DA FRENTE, SAI QUE O DIEGO É CHAPA QUENTE!

27 de ago de 2009

Tsunami Verde 2009 - Bar Boleiros

Vamos a algumas fotos do evento no Bar Boleiros:



Cesar Maluco (nosso segundo maior artilheiro) e Gilmar (goleiro da maior escola da posição no mundo) estiveram por lá para prestigiar o evento.



André (Blog do Meu Saco), Cesar Maluco e Eu.





Carol (arrebentando e arrebatando corações). Na primeira foto com Cesar Maluco e na segunda com David do Blog Carcamanos.





Nas duas fotos anteriores o Ezequiel sendo homenageado por serviços prestados ao Verdão por toda a massa alviverde presente.



Nossos ULTRAS torcedores defronte a bandeira, que enfeitou a entrada do Boleiros.



Esse blogueiro - cada dia mais careca - ao lado do goleirão Gilmar.

Estamos aguardando as fotos de Palestrinos que comemoraram o dia em outros locais. Mais fotos do evento no Cruz de Savóia.

Love

Como não tenho que preservar fonte alguma, já que a própria (fonte) publicou em seu blog (LOVE CONFIRMADO!), aí vai para todos:

Dentro de horas, provavelmente na casa do presidente Belluzzo, Vagner Love será anunciado como novo reforço do Verdão. Segura mais um pouco e depois é só comemorar Palestrinos.

Tsunami 2009

Ontem (26/08/09) nosso amado Verdão, a Sociedade Esportiva Palmeiras (Società Palestra Itália), completou 95 anos de existência, de glórias e de história.

Já a alguns anos, em uma ação de sua torcida, esse dia é o dia da afirmação de nossa palestrinidade. É o dia do Tsunami Verde. Dia de sair de casa com seu manto sagrado seja ele qual for, o novo ou aquele que está na gaveta guardado como recordação de um momento marcante. Ontem foi esse dia.

À noite, no Bar Boleiros, ao som de samba de primeira, com Wilson Sucena e o grupo Boca da noite, estávamos todos lá, os que puderam comparecer, mas também aqueles que não podendo estavam conosco em pensamento e coração.

Passaram por lá César Maluco e Gilmar, dois dos grandes do Palmeiras. O primeiro o segundo maior artilheiro de nossa história, o segundo um representante da maior escola de goleiros do mundo.

Brindes, música, cerveja, que, aliás, esgotamos por volta das 10h00, ídolos, amigos, Palmeirenses, homenagens, gritos de guerra, bandeiras, hino, parabéns a você... Todos os ingredientes que não podem faltar em uma festa, que foi grande, mas ainda é pequena em relação a todo o amor que essa torcida tem pelo seu time.

Aqueles que não puderam comparecer poderão ver algumas fotos que foram tiradas do evento. Em breve, elas estarão publicadas por aqui.

Enquanto isso, em outras localidades, outros Palestrinos - também apaixonados por seu clube - fizeram 'eventos' paralelos. Um encontro em um bar qualquer para celebrar a data, um jogo de futebol entre Palestrinos, uma foto com a família com todos trajando o manto sagrado... Enfim, ontem foi o dia do Palmeiras, o Tsunami Verde; o dia de nossa demonstração de amor por nossa história.

Quem tiver foto da data que nos envie que publicaremos por aqui. Não se esqueçam de mandar as legendas, com nomes daqueles que estão nas fotos, local, que tipo de evento foi.

Os primeiros que mandaram registros foram o 'Foras de Forma'. É o pessoal lá de Botucatu que se reuniu na noite de ontem antes do treino do time A. R. Foras de Forma de Botucatu que já tem como praxe, entre os Palmeirenses, trajar orgulhosamente o manto sagrado. Vejam:



Em pé esq p/ dir: Zébinho, Marquinho Mermão, Marchini, Spadim, Márcio Brancão, Rômulo, Toninho Panhozzi, Molina (nosso Pierre) e Silvio.
Agachados esq. p/ dir: Geraldo(e seu inseparável copo), Carlinhos, Dirceu, João Pedro, Heitor e Dallaqua.


Estampando com orgulho o novo Manto: Dallaqua, Carlinhos, Márcio Brancão e Toninho Panhozzi.


João Pedro, 3 anos de idade, sempre vai ao clube devidamente uniformizado. No aniversário do Palmeiras não poderia ser diferente! É a nova geração de Palestrinos chegando.


Nossos agradecimentos ao pessoal do Foras de Forma, na pessoa do Carlinhos, por ter enviado as fotos.

Aguardem as fotos da festa no Boleiros. Estamos esperando outras fotos, de outros Palestrinos que tenham no dia de ontem, mais uma vez, reafirmado seu orgulho de ser Palmeirense.


No domingo: atropela ELAS Palmeiras.

Forza Palestra!

25 de ago de 2009

Parabéns

Parabéns Societá Palestra Itália, parabéns Palmeiras.


São 95 anos de alegrias, de tristezas, de vitórias, de integração...

São 95 anos de títulos. Que vieram, que não vieram, que ganhamos, que perdemos, que nos subtraíram. Que nos arrancaram, que arrancamos, que conquistamos, que vencemos,
mas, principalmente que nunca - ao contrário de outros - nos deram.

Sempre lamentamos os que foram. Choramos por aqueles que jamais voltarão; somos emotivos sim. Mas, também rimos e nos alegramos por alguns que não virão; inclusive nos contentamos por alguns que se foram e - bendito seja! - tambem não voltarão.

Somos sangue quente, rezamos até sem crer, clamamos aos céus de monte, na esperança de vencer. Dia seguinte negamos tudo, menos o amor ao ente querido. Nosso riso e nosso choro, quase sempre é confundido. Tudo para nós tem a mesma intensidade. O amor, o ódio, o choro, o riso, a alegria, a tristeza. Somos, antes de tudo, forjados na dificuldade, no amor e no ódio.

Quando aqui chegamos nos 'confundiram' com escravos; aliás, se tem algo que nunca suportamos foi a submissão, sempre fomos libertários, ao contrário do que alguns apregoam e do que alguns nos acusam equivocadamente. Quiseram nos domesticar, como que se fosse possível transformar 'leone em pecora'.

Enfim, sempre - desde o início - os precursores sabiam o que nos esperava. O preconceito, o escárnio, o maldizer. Somente havia um caminho, e ele nós conseguimos construir. Esse caminho sempre foi, desde o início, a estrada da vitória, mostrando - a cada dia - aos 'barões do café', que aqui ninguém - nunca - se vergaria, nunca - até hoje, se vergará.

Assim construimos nossa história. Nesse caminho há um clube de futebol que nasceu dessa colônia. Hoje esse gigante aglutina descendentes daqueles que o idealizaram e milhares de outros brasileiros.

Aliás, todos temos sim raízes com aqueles que há 95 anos fundaram a Societá Palestra Itália: a raiz da esperança, de um mundo integrado, onde italianos e brasileiros (sejam eles negros, brancos, índios etc.) sejam um só povo.

Parabéns Brasil, você tem dentre os seus gigantes a Societá Palestra Itália, a Sociedade Esportiva Palmeiras.

Parabéns Palestrinos, o gigante faz hoje 95 anos de HISTÓRIA.



Eu vou. Clique na imagem do convite para a festa dos mais ilustres Palestrinos, sua torcida, e veja a homenagem da Adidas à nosso história.
__________________________
sem revisão.

23 de ago de 2009

Parabéns Palmeiras!

Quarta-feira, dia 26, o nosso Palestra completa 95 anos de existência. Por enquanto, até lá, eis a minha mais singela homenagem.



Na quarta saia com sua camisa, mostre o seu amor ao Palmeiras. Vamos inundar as ruas de São Paulo e do Brasil com nossos mantos sagrados.

Na quarta saia às ruas com sua camisa do Palmeiras, não importa com qual, pois o que importa é seu amor.

Vá ás ruas com sua camisa azul, com um uniforme antigo, velho, roto, oficial, fake, verde, prata, limão... mas que seja um dos mantos sagrados...

Nos encontramos no Boleiros!

Te prepara bambizada,

Forza Palestra!

22 de ago de 2009

Diferente

Como é de praxe nesse espaço não escondemos nada de nossos leitores. Aqui, quando temos que criticar o fazemos, quando elogiamos é porque foi por merecimento.

Hoje, eu e vários blogueiros assistimos ao jogo - e que jogo - do camarote da samsung. Fomos convidados, em mais um reconhecimento de que a informação não tem via de mão única como acreditam ainda alguns dinossauros, ou mal intencionados, que creem ser os porta-vozes únicos e legítimos de uma verdade que ainda não sei identificar qual seja.

Sobre o jogo falamos amanhã. Hoje, fiquemos com algumas imagens, que foram sacadas de minha máquina fotográfica, mas que me encheram de emoção. Conheci, pessoalmente, por exemplo, aquele que inspirou meu pai a me batizar com o nome que tenho.

Enfim, meus agradecimentos à samsung, na pessoa da Giovanna, que me possibilitou ver um jogo de outro ângulo, literalmente. Não que eu dispense a arquibancada, lá é meu lugar, lá estarei sempre com meus iguais, mas foi uma experiência que as fotos a seguir mostrarão, e que jamais esquecerei.

Fran, Izidoro e Kiko, na concentração...

Bandeirão da TUP, de outro ângulo...

A Mancha, e os 95 anos do Palmeiras...

Eu e nosso goleiro Deola. O futuro...

Aqui é trabalho! Eu e o guerreiro Pierre.

Os amigos, aqueles com quem compartilhei os bons momentos...

Fez uma falta danada. Um dia vai blogar...

Tenho o nome que tenho por causa dele. O maior de todos, o Divino...

É assim Palmeiras, atropelamos o saci. Domingo vamos passar por cima dos Bambis.

Vai Palmeiras,

Forza Palestra!

Atropela eles Palestra!

Hoje so uma frase resume o sentimento de toda a fanática torcida alviverde:

Atropela eles Palmeiras, passa por cima!

Forza Palestra!

21 de ago de 2009

Bolão Brasileirão 2009 - Rodada 21

Sem acertadores nas últimas rodadas vamos ver se nessa, a de número 21, o Verdão desencanta e com ele todos nós. Eu, nessa em específico, verei tudo de camarote.

Observação: clique aqui ou aqui e vá ao post onde se pode apostar na pontuação extra. Caso já saiba da regra faça essa aposta aqui também.

Às apostas senhoras e senhores.

Concurso cultural - atualizado

O Seo Cruz, lá do Cruz de Savóia, fez um chamamento às corajosas Palestrinas para que participassem de um Concurso Cultural. Trata-se do dia B, o dia das Bundas (com B maiúsculo) Palestrinas, aqui rebatizado de A Virada Cultural das Palestrinas.

Então, podem ir até lá, votar e aguardar, pois essas foram apenas as primeiras, as pioneiras; certeza que depois que essas 'abriram' o caminho outras virão.

Com vocês: O dia B, A Virada Cultural das Palestrinas, ou seguindo a sugestão do Carlinhos: A Virada ESCULTURAL Palestrina.

[OFF] 20 anos sem Raul

Há 20 anos perdíamos Raul Seixas, o maluco beleza. Um dos grandes poetas da música popular brasileira e do rock nacional, Raul continua arregimentando e conservando uma legião de fiéis e apaixonados fãs. Minhas filhas, que nasceram muito depois de sua morte, são a prova viva disso. Um palco especial na Virada Cultural, que varou noite e nunca esteve vazio é outra.

Um dia conto uma história, do dia em que conheci Raul, exatamente há 20 anos, no dia de sua morte. Dia que foi muito triste, pois eu perdia um de meus ídolos.

Então, corrigindo o título: hoje Raul faz 64 anos, pois Raul Vive!

E para não perder a chance: DJ "TOCA RAUL!"

Bolão Brasileirão 2009 - Pontuação Extra

Até segunda-feira (dia 24) estamos aceitando as apostas para a pontuação extra de nosso bolão. Os apostadores tem que apostar no campeão, vice, terceiro e quarto-colocado, além do artilheiro.

Caso acerte a posição da equipe o apostador leva dois pontos extras, e caso acerte os quatro na posição correta leva mais cinco pontos de bônus. Além disso, o acerto no artilheiro também dá ao apostador mais dois pontos extras ao final do concurso.

Meus palpites são os seguintes:



Palpitaram até agora: Eu (Forza Palestra); Xoxe; Fábio; Alezinha; Scomparin; Renato; Erik; Guto; Gagliardi; Claudeilson; Alexandre; e, Kamers (faltando ainda o seu palpite para o artilheiro do certame).

Os outros apostadores ainda não deram os seus palpites. Então, às apostas senhoras e senhores, vocês tem até segunda-feira (24/08).

Lembrando que aqui vale o que está escrito, então palpite dado é palpite computado, não podendo haver troca, nem que o artilheiro saia do Brasil, por exemplo.

20 de ago de 2009

Até quando?

Estou até sem ânimo para escrever algo sobre nosso time ser, sistematicamente, operado pelas arbitragens. Seja em casa ou fora sempre há um 'lancezinho' maroto onde o árbitro (ou seria assoprador de latinha, ladrão, FDP...?) não vacila e nos tira os três pontos.

Sendo assim, jamais conseguiremos um título, pois estão dia-a-dia, sob as barbas de nossa diretoria, nos tranformando em uma Portuguesa, em um Bangu.

Será que alguém, em nome de nossa legião de torcedores, tomará uma atitude para que cesse essa sangria de pontos a que somos submetidos pelas arbitragens ano após ano?

Então, só me resta perguntar à nossa 'diferenciada' diretoria: até quando?

18 de ago de 2009

Opiniões

Sorry!

Por conta da falta de tempo (dissertação, filhas, férias das filhas e trabalho) tenho dedicado muito pouco – vejam só - tempo à atualização do blogue.

Desde já peço a todos que compreendam e que dentro em breve as coisas vão entrando nos eixos.

Copa do Mundo, BNDES, Leonores...

Ao contrário do pessoal do OV que acha bacana a copa do mundo ser realizada no Brasil, e também ao contrário do Barneschi que não acha bacana, eu – de minha parte – não tenho nada contra nem a favor, muito pelo contrário.

Para mim futebol se resume única e exclusivamente ao meu time do coração. Seleção brasileira já deixei de apreciar há muito; jogos internacionais – que são elevados à categoria de clássicos do futebol mundial, mesmo um Shakhtar Donetsk X Rubin Kazan, pelo pessoal das TV´s à cabo – não vejo; jogos de seleções pouco me atraem.

Além disso, ir assistir a algum jogo de selecionados nacionais em uma copa do mundo aqui no Brasil, digamos um Holanda X Estados Unidos, e pagar no mínimo R$ 150,00 pela entrada não me atrai em nada. Nem se o ingresso fosse mais barato.

Então, a Copa do Mundo para mim, seja aqui ou na Chechênia, tem sempre o mesmo ritual: talvez eu veja pela TV ou talvez eu aproveite o momento para ficar com minha família, que já se priva de minha presença final de semana sim final de semana não, meio de semana sim meio de semana não, por conta de minha paixão pelo Palmeiras.

Agora, não sou daqueles que acham que não tem que ter copa aqui porque não temos capacidade de organizar, porque somos um povo (nossos dirigentes são eleitos por nós) que gosta de uma propina, porque somos em essência gaiatos, gatunos.

Primeiro, porque acho que temos sim a capacidade de organizar qualquer evento. Os jogos Panamericanos, do ponto de vista da organização, foi um sucesso. Não vi nada que nos desabonasse em relação a outros eventos do mesmo porte que foram realizados por, digamos, ‘gentes mais capazes’ que a nossa gente.

Em segundo lugar, porque acho que do ponto de vista da idoneidade em qualquer lugar há possibilidade de desvios, e eles até devam ocorrer. Acontece que em outros países – os chamados avançados, aqueles que os críticos daqui vivem almejando que sejamos - há uma cultura e uma tradição em organizar eventos, e suas populações já estão acostumadas a ‘ficar de olho’, a fiscalizar a tal da organização.

Agora, de antemão, ficar vetando eventos por aqui porque somos, de um lado corruptos e de outro incapazes de fiscalizar e cobrar transparência no trato do dinheiro que será utilizado (o público em especial), é achar que nosso povo (repito, nossos governantes são eleitos por nosso povo, eu incluído aí) deve ser tutelado por uma ‘inteligentzia’ que ditará, como sempre ditou, o que devemos ou não ser, o que pode ou não pode, e como sempre priva aqueles que, com todo o direito, querem uma copa do mundo por aqui e festejarão o evento.

Já que falei de dinheiro público acho que é justo que se invista sim na estrutura para o evento. Portos, aeroportos, estradas, transportes, etc. devem receber dinheiro público, afinal de contas haja ou não um evento desse porte o Estado já investe nessas áreas. E o chamado ‘legado’ de um evento como esse pode estar justamente aí.

Já nos estádios acho que deva haver, como parece que haverá, certo cuidado. O BNDES, por exemplo, como banco de fomento pode sim financiar a reforma e a construção de estádios. Entretanto, creio que o Estado não deva financiar nenhum estádio particular (nem construção nem reforma) como quer o SPFC, por exemplo.

Se algum ente privado for captar o recurso junto ao banco, de acordo com as regras por lá estabelecidas, e este estiver apto a receber o recurso não creio que seja impedimento que se lhe financie a ‘aventura’. O que não creio ser certo é que se financie quem deva aos cofres públicos.

Acontece que o SPFC quer receber o financiamento público para reformar seu estádio e transforma-lo, segundo projeto, em uma arena. Mas, se há por parte dessa agremiação – a Timemania não nos deixa enganar – dívidas com o fisco, com o erário, com o povo brasileiro, ele não deve ser beneficiado com nenhum tipo de financiamento. Que vá buscar parceiros privados outros que sejam adimplentes e que topem a ‘aventura’.

Quanto a construir estádios públicos ainda não tenho opinião totalmente formada, apesar de que - de antemão - não vejo problemas em termos espaços que possam ser utilizados pelo povo, já que o dinheiro que foi utilizado foi, ora vejam só, tirado dos impostos pagos pelo povo. Essa história de que temos premência em outras áreas (saúde, educação, fome, etc.) é besteira de gente conservadores, pois as duas primeiras áreas dos exemplos foram até certo tempo atrás tratadas da mesma forma, ou seja, não eram prioridades e hoje o são.

Ingressos

Livramos-nos da BWA. A diretoria nos encheu de esperanças de que o problema estaria, em médio prazo, resolvido. O médio prazo já está se tornando longo e o problema persiste.

No início da Outplan eram 17 pontos de venda. Hoje, além do Palestra, esse número foi reduzido a pouco mais de 5. Os cambistas continuam a atuar livremente.

No último jogo, o do sábado – porque será que não jogamos no dia e no horário clássico do futebol (domingo, às 16h00)? –, tive que comprar numerada descoberta para poder ver o jogo. Os ingressos de arquibancada já haviam se esgotado, mas quando nos deparamos com o ‘borderô’ vemos que ingressos de arquibancada foram devolvidos. Por que será que as coisas são assim?

Há algum tempo escrevi post sobre o assunto e propus a minha visão e as saídas que utilizaria se tivesse o ‘poder’ de decisão. Não tenho nenhuma simpatia pelo sistema capitalista, mas é nesse regime que vivemos, então é de capitalismo que a comercialização dos bilhetes de entrada para os jogos do Palmeiras precisa. Se quiserem relembrar minhas sugestões leiam aqui.

Fim

Para quem não escrevia há tempo já gastei demais a paciência dos leitores com minhas divagações. Mas, precisava opinar sobre alguns assuntos. Amanhã, quem sabe, falo sobre as impressões sobre o time, seu novo técnico, a maneira como vem se comportando em campo, e minha quase certeza que temos muitas chances de comemorarmos mais um título nacional.

Ainda não opinei sobre a tal da mudança no calendário. De antemão digo que sou RADICALMENTE contra, mas esse assunto merece um post mais profundado, pois não me igualo àqueles que a querem apenas porque é europeu, aqueles que vivem com os pés no Brasil, mas a cabeça na Europa. Pobres diabos!

Forza Palestra!

__________________
revisão 'chinfrim'

Bolão Brasileirão 2009 - Rodada 20

Amigos, vamos iniciar nossas apostas para a rodada 20 de nosso bolão e também abrir as aspostas para a pontuação especial (campeão, vice, terceiro e quarto colocados; além do artilheiro). Lembrando que os apostadores tem até a próxima segunda-feira (24/08) para esses palpites especiais. Então, às apostas senhoras e senhores.

Rodada 20



Palpites de pontuação extra



Regras da pontuação extra - data limite: 24/08: Se acertar o campeão o apostador abocanha mais 2 pontos, se acertar o segundo colocado mais 2 pontos, se acertar o terceiro colocado mais 2 pontos, se acertar o quarto colocado mais 2 pontos. Além disso, se acertar em ordem os quatro primeiros terá um bônus extra de mais 5 pontos, pois o apostador é bom e merece. Caso, acerte o artilheiro receberá mas 2 pontos extras. Atenção: não serão aceitas mudanças de palpites neste caso. Como no jogo do bicho vale o que está escrito.

14 de ago de 2009

Bolão Brasileirão 2009 - Rodada 19

Caros amigos,

Está no ar a última rodada do Bolão do Brasileirão de 2009 em seu primeiro turno. Lembrando que durante a próxima semana estaremos recebendo os palpites especiais (campeão, vice, terceiro e quarto colocados; além do artilheiro do certame) que renderão muitos pontos extras, mas aguardem que informaremos as regras a todos. Por enquanto, fiquemos com Palmeiras X Botafogo.

Às apostas senhoras e senhores.

12 de ago de 2009

Bolão do Brasileirão 2009 - Rodada 18

No ar a rodada 18 do Bolão.

O Palmeiras vai às Minas Gerais enfrentar o Atlético, e como esse é um adversário direto, pois está com menos pontos perdidos que nossa esquadra, esse é o chamado jogo de seis pontos.

Às apostas senhoras e senhores.

11 de ago de 2009

A la Twitter

Paulo Schmitt, procurador do STJD, o senhor é um #VAGABUNDO!

Amanhã... outro dia!

Nada como um dia atrás do outro. Ou, como diz a canção, "amanhã há de ser outro dia".

A foto abaixo mostra, sem nenhuma letra, mas com a imagem, aquela que vale por mais que mil palavras, que eles estão desesperados, pois estão prestes a voltar para o limbo, para o lugar que é deles por merecimento.

Para aqueles inúmeros 'babacas' que por aqui estiveram se elevando (auto-elevação) à condição de rival, carrasco, dizendo que éramos 'fregueses', aí está.

Ano que vem tem clássico na segundona, será entre Sport x América do RN, ou quem sabe contra o poderoso Duque de Caxias.

Chupa Putinhas do Nordeteste.

9 de ago de 2009

Minhas princesas

Hoje, dia dos pais, foi folga do Palmeiras na tabela. Hoje foi dia de almoço em família. Fazia tempo que não podia ter um dia dedicado totalmente à família. O Palmeiras há muito não deixa – aos finais de semana – que me dedique unicamente às minhas duas princesas.

Elas são únicas. Uma me acalma. Nos momentos de tensão preciso de uma Palestrina - sim, ela é - que me diga: pai, isso é apenas uma jogo! Eu sei que não é, e ela também sabe; rói as unhas, fica tensa; mas alguém precisa ter calma para voltarmos ao mundo quando o chão nos falta.

A outra é pura emoção. Tenho certeza que nem sabe ainda o que é uma partida de futebol. Nem consegue assistir uma inteira, para ela é tudo mundo demorado. Para ela as coisas têm que ser rápidas. Um jogo é tempo demais. Dia desse um amigo, gambá, disse que era gambá; ela, do alto de seus 8 anos de idade me olhou, língua fora da boca, disse: Curintias, eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeca!

São minhas princesas. Minhas amigas, minhas companheiras. Não troco por nada, pois um jogo do Palmeiras, para elas, não é troca. Elas sempre me perguntam: pai, hoje você vai ao jogo, né?

Quando volto a alegria da vitória é compartilhada; o silêncio da um empate ou uma derrota significa que sabem, desde cedo, que aqui é Palmeiras, e futebol é coisa séria.

Para elas, minha homenagem, meu amor. Justo nesse dia em que perguntaram: pai, porquê o Palmeiras não joga hoje?

Nem eu soube responder!

Beijos para Lenina (minha grandona) e Camila (meu bebê). À mãe das duas, o amor de minha vida (companheira é pouco para o que ela representa), o muito obrigado por saber o que o Palmeiras representa para mim.

Elas sabem que minha ausência, nos dias de jogo, faz parte da alegria ou da tristeza. Faz parte de nossas vidas!



5 de ago de 2009

Só saem por cima do meu cadáver!

Com a frase que dá título ao post o nosso presidente, Luiz Gonzaga Belluzzo, disse ontem que o Palmeiras optou por tentar ser campeão brasileiro esse ano e não desmanchar o elenco em busca de alguns trocados.

Hoje, em entrevista coletiva, o primeiro passo foi dado. Pierre não sai, seu passe foi comprado não pelo Espanyol de Barcelona, como disse ontem o 'King of de Rules' Kfuro, mas - vejam só! - pelo Palmeiras.

Não é nada, mas já representa 30% da promessa feita por nosso presidente. Agora falta manter Diego Souza e Cleiton Xavier.

Por aqui criticamos quando as criticas se fazem necessárias, mas não deixamos de elogiar quando a diretoria toma uma atitude pensando acima de tudo no Palmeiras.

Presidente, o senhor pode não ter se dado conta, mas o senhor acaba de fazer história no futebol. São atitudes como essa que fazem o dono desse blogue ter orgulho de ter sido um dos primeiros que apoiou vossa candidatura à presidencia do Palmeiras. Parabéns.

Amanhã é lotar o Palestra para mostrar que somos sensíveis a gestos que apontam que o Palmeiras - verdadeiramente - voltou a ser um time de ponta.

Forza Palestra!

Bolão Brasileirão 2009 - Rodada 17

Já pondo no ar a rodada de número 17, que pode representar mais uma rodada do Verdão na liderança, então, às apostas senhoras e senhores. Lembrando que a conferência fica para o início da próxima semana.

4 de ago de 2009

Só saem por cima do meu cadáver!

Belluzzo: "Só saem por cima do meu cadáver!"

A entrevista de Luiz Gonzaga Belluzzo ao Bate Bola foi extraordinária. Especialmente, quando tratou com profundidade do tema do êxodo, escancarou sua opinião a favor da inversão do calendário brasileiro e anunciou que nenhum jogador sairá do Palmeiras neste ano.

Belluzzo sabe que sua atitude não representa a solução. Mas entende que a saída prejudica até mesmo a relação da Traffic com o clube, ou seja, prejudica o parceiro, além do clube que preside: "Eu já disse que não assino a rescisão contratual de nenhum jogador do Palmeiras, antes do fim do Campeonato Brasileiro", disse Belluzzo.
Ao ser perguntado se isso significava que a torcida poderia ficar tranquila, pois nenhum jogador sairia antes do término do Brasileirão, afirmou categoricamente: "Só sai por cima do meu cadáver!"

Pierre tem proposta do Al Shabab, dos Emirados Árabes: "Mas ele não quer ir. Quer ser valorizado e ficar", disse Belluzzo.

A afirmação não garante a permanência, mas mostra a intenção evidente de manter o elenco.

Ponto para o Palmeiras.

_________________
Comentário do blogue: É isso aí Presidente! É assim que queremos, sempre que necessário tem mais é que 'bater na mesa mesmo'. Se confirmada a assertiva, rumamos a passos largos para o título nacional.

Dia Santo

Hoje é dia santo.

Nosso maior ídolo, Marcos - ou São Marcos para os seus devotos - está aniversariando no dia de hoje.

O Palestrino que já tem várias datas para comemorar, aniversário do clube e de títulos, já incorpora em seu calendário mais essa data.

Para nós, torcedores do Palmeiras, Marcos é mais que nosso guarda metas, é ídolo, e nunca esqueceremos que no pior momento de nossas vidas ele não nos abandonou, continuo conosco e liderou o time na volta ao lugar que sempre foi nosso.

Por isso, os nossos parabéns à São Marcos; por seus dia, por sua dedicação, mas principalmente, nosso muito obrigado por estar sempre ao nosso lado.

_____________________
Belluzzo confirma: "Marcos terá um busto"

O presidente do Palmeiras, Luiz Gonzaga Belluzo, confirmou em entrevista exclusiva ao Bate Bola que o goleiro Marcos receberá a maior homenagem possível no Parque Antártica: um busto. Marcos será homenageado, entre outras coisas, por ser o jogador com o período mais longo da história do Palmeiras, em número de anos a serviço do clube.

Marcos será o quarto a receber a homenagem, depois de Junqueira, Waldemar Fiúme e Ademir da Guia. O busto deve ser construído no novo estádio. "A construção começará mais cedo do que se imagina, provavelmente em novembro."

3 de ago de 2009

Post qualquer nota 2

Ou perguntar, e responder, não ofende

Tabela inimiga

Alguém sabe – sem buscar na net – quanto tempo faz que o Palmeiras não realiza um jogo em casa em dia e horário nobre (domingo, 16h00)? Eu mesmo respondo: 8ª. Rodada (28/06), contra o Santos. O técnico ainda era Luxemburgo.

Sabe qual será o próximo? Essa eu respondo de novo: 26ª. Rodada, dia 27/09, contra o Atlético do Paraná.

Alguém sabe me dizer, e também aos leitores do blogue e torcedores do Palmeiras, porquê quando da elaboração da tabela o Palmeiras sempre no período do inverno manda os jogos em casa no meio da semana à noite e aos dos finais de semana é sempre visitante?

Alguém sabe me dizer o porquê que nossa tabela marca jogos contra grande no meio da semana, em casa, e jogos contra pequenos (Sport, por exemplo) aos domingos como visitante?


Resultado da tabela inimiga

Somos apenas a 12ª. equipe mandante em média de público no campeonato. Perdemos, vejam só, para o Sport e para o SPFW, times de menor tradição e de menor torcida.

Em compensação, e o que mostra mais uma faceta da política perversa que estão nos submetendo, é que somos o segundo preço médio mais alto dos praticados pelas 20 equipes da primeira divisão do campeonato nacional (R$ 29,31).

Com essa distorção temos a quarta média de arrecadação, mas nosso estádio, que tem capacidade para 27 mil pessoas, tem uma ocupação média de apenas 48,17%.

Rival

Nosso rival histórico é quem pratica o maior preço médio R$ 32,14. Eles têm um público médio por volta de 35% maior que o nosso.

Mas, como mandam seus jogos no Pacaembu e a capacidade do estádio municipal é de 38 mil espectadores, eles nos suplantam em apenas 0,96% no total de ocupação das acomodações no estádio.

Considerações

O que isso quer dizer? Do lado dos rivais pode representar algumas cadeiradas. Do nosso lado quer dizer que continuamos com a política do Gualtieri, mesmo que com acordos internos ele possa representar apenas uma figura decorativa.

E assim caminha a torcida do Palmeiras: sofrendo e resistindo àqueles que não a quer nos estádios.

Forza Palestra!

Post qualquer nota 1

Ou, perguntar não ofende?

Será que a imprensa vai se calar com o absurdo noticiado hoje de que o SPFW irá buscar dinheiro de um banco estatal, BNDES, para reformar o seu elefante branco, visando a abertura da Copa do Mundo?

Será que iremos nos calar ou iniciaremos uma campanha contra mais esse desmando?

Aos torcedores do Sport

Quando eliminamos as Putinhas do Nordeste da Libertadores publiquei essa carta dirigida aos torcedores do pequeno Sport, era - por coincidência - data de aniversário da fundação do minúsculo Sport Clube do Recife. O tempo sempre se encarrega de recolocar as coisas em seus devidos lugares. Hoje, nós - o gigante Palmeiras - lideramos o Brasileirão; eles, os pequenos, os minúsculos, os insignificantes no cenário nacional, estão na rabeira, prestes a serem devolvidos para o limbo da segunda divisão, local - aliás - de onde nunca deveriam ter saído. Então, republico a carta para que eles não se esqueçam que aqui é Palmeiras. Aqui é time grande, lá - no máximo, um coadjuvante:

De grandes e pequenos

No futebol, como na vida, existem os grandes e os pequenos. No futebol, como na arte, existem os atores principais e os coadjuvantes. Vez ou outra os pequenos, os coadjuvantes, aprontam das suas e vencem o grande, como no mito de Davi e Golias, mas no final as coisas voltam ao seu devido lugar sempre e, invariavelmente, o grande vence o pequeno, o Golias derrota o Davi.

Muito se falou sobre o Sport; que é time grande, que eliminaria o Palmeiras, que a Ilha de Lost intimidaria os guerreiros verdes... Ontem as coisas voltaram ao seu devido lugar: o gigante Palmeiras segue seu caminho de conquistas, de glórias, de derrotas e vitórias, de luta e superação, o minúsculo Sport retorna à sua trajetória de apenas um time regional. Ou seja, o grande – mais uma vez – derrotou o pequeno. Assim é a vida, assim é o futebol.

A pequenez do Sport – durante a primeira fase e o início da segunda – saltava aos olhos de todos, mas muitos não queriam enxergar, pois um time de futebol que tem como um de seus diretores uma figura como Guilherme Beltrão, não pode passar nunca de um mero coadjuvante.

Este ‘cidadão’ enxerga futebol como se fazia há 50 anos atrás, intimidando, achando que apenas bastidores resolvem as coisas. Ledo engano, bastidores funcionam sim, mas há a ordem natural das coisas: grandes e pequenos.

A torcida do Sport que compreende futebol na base da pressão, com foguetórios em hotéis, pedras em ônibus, ameaças via internet, é mais uma mostra de quem é o grande e quem é o pequeno nessa história. Aprenderam – espero que tenham aprendido, que respeito é o mínimo que devem a um gigante.

Finalmente, mas isso é de difícil compreensão para quem vê futebol apenas como ganhar ou perder, há o fator história. Não vou aqui listar a galeria de triunfos de nosso amado Palmeiras, apenas basta lembrar que somos a equipe brasileira com mais participações no torneio continental e que o venceu uma vez.

Então, saibam – desde aí do Recife, que somos gigantes não apenas por nossos títulos – que são inúmeros, mas porque sabemos o que representamos para o futebol nacional, continental e mundial. O futebol perderia muito sem o Palmeiras; em nada faria falta a não existência do Sport. Simples assim.


Forza Palestra!


_____________________
Em tempo: Comemorem muito, pois para quem não sabe, hoje é aniversário de fundação do clube de vocês (104 anos). É o que lhes restou comemorar. Só espero que o presente que deixamos por aí não tenha estragado a festa. Até 2059.

Bolão Brasileirão 2009 - Resultado Rodadas 15 e 16

Estamos assim;

1 de ago de 2009

Virtudes pagas, muito bem pagas

O Palmeiras ganhou. Ganhou de pouco -1x0 -, não marcou – o gol foi contra -, mas segue líder, mais líder do que nunca. Aliás, nenhum líder nos tempos dos pontos corridos tinha a essa altura do campeonato tantos pontos acumulados.

Devemos festejar. Ter os pés no chão, mas acreditar desacreditando, pois não sabemos o que nos espera na tal janela de transferência. Não sabemos se nossa diretoria saberá se impor á nossa ‘parceira’ e dizer: ‘não, vocês não vão vender ninguém, pois com o time valorizado por um título todos ganhamos’: ganham vocês, nós e a nossa torcida.

Mas, hoje, apesar da liderança e da vitória quero escrever sobre outro assunto. Quero falar sobre a qualidade do campeonato nacional.

Ele não é o melhor do mundo; nem o pior. É apenas o reflexo dos tempos onde o preparo físico superou a arte, onde o esporte suplantou o jogo.

O futebol, ao contrário de outros esportes – nem vou me alongar e citar os exemplos aqui – é diferente. É um jogo, comparo com o beisebol, onde a parte física nunca – repito, nunca – foi preponderante, o importante sempre foi o talento, a aptidão, o tal do ‘dom’ para o jogo.

Em um determinado momento veio a tal fase do ‘profissionalismo’. Tudo em nome da vitória. Incessantes jornadas de treinamentos físicos, para que robôs – incansavelmente treinados e sincronizados – repetissem movimentos que levariam, invariavelmente, às vitórias.

Essas histórias todos conhecem e sabem como começou e quais são os seus desdobramentos.

Acontece que existem os críticos disso. Somos nós, que adoramos futebol de verdade, com craques, com dribles, com improvisações; são também os ‘saudosistas’ que reclamam da qualidade do ‘espetáculo’, que dizem que o futebol já não é como foi antigamente.

Entretanto, esses últimos criticam apenas o campeonato nacional. Por aqui é tudo ruim. Os jogadores são ruins, os espetáculos são ruins, os times são ruins. O PVC chama o nacional de ‘o melhor pior campeonato do mundo’.

Para esses o bom mesmo são os jogadores que atuam na Europa, os jogos da Europa, os times da Europa. Tendo a concordar, principalmente quando assisto a uma final de Copa dos Campeões entre Manchester X Liverpool, por exemplo. Mas, e o resto? E um Bolton X West Ham? E um Rubin Kasan X CSKA?

Se prestarmos atenção esses jogos não diferem em nada de um Sport X Náutico, de um Avaí X Barueri. Quando há um Palmeiras X Corinthians, um Flamengo X Fluminense, para ficar no exemplo dois maiores clássicos do futebol brasileiro, nada devemos em raça, emoção e técnica aos maiores jogos de lá. A diferença é que lá a imprensa, o jornalismo esportivo, valoriza o produto nacional. Aqui, por deslumbramento ou por força de contratos, as emissoras de TV a cabo – ano que vem a maior aberta também – transmitem os certames Europeus e por força da audiência e dos seus salários, tendem a valorizar o que garante o seu ganha-pão.
Quando amanhã ou segunda, nos tais ‘futebol e debate’, você ouvir uma crítica à qualidade técnica de nosso certame nacional lembre-se de ponderar. Pode ser verdade que por aqui a coisa não é o ‘supra-sumo’, que nossos jogos podem não ser, do ponto de vista técnico, nada de outro mundo, mas – com certeza – serão melhores que um Rubin Kasan X CSKA, que eles nos empurram goela abaixo como sendo o melhor futebol do mundo.

Ou você já ouviu o PVC ou o Calazans, só para ficar em dois exemplos de críticos da qualidade do futebol nacional, criticar a qualidade do campeonato Russo? Claro que não. Afinal, a sua audiência, ‘bombada’ por elogios a atuação de robôs – que não diferem dos de aqui – é que paga o salários deles.

A diferença é que aqui, entra ano sai ano, exportamos os poucos que ainda fazem frente à mecanização do futebol para lá - para a Rússia, para a Espanha, para a Inglaterra...

O que eles não enxergam, aliás, enxergam, mas fazem ouvidos moucos para isso, é que isso – a crítica ao de cá, para privilegiar os de lá – constitui um crime contra nosso futebol, mais que aquele cometido por aqueles que eles elegem como os vilões: os dirigentes esportivos.

Eu, de minha parte – aliás, prefiro um Portuguesa X Bahia pela segunda divisão, do que dar audiência para equipes que nada representam para o Brasil. Muito menos dou audiência para jogos e emissoras que contribuem para enriquecer os que empobrecem o futebol nacional.

Foi só um desabafo. Cansei de ouvir críticos de ocasião, aqueles que só veem defeitos por aqui e virtudes lá fora. Virtudes, aliás, muito bem pagas!

___________
sem revisão