A ARQUIBANCADA NA REDE - WEB ARQUIBANCADA
"Em 40 anos de jornalismo, nunca vi liberdade de imprensa. Ela só é possível para os donos do jornal". (Cláudio Abramo, que dirigiu Folha e Estadão)

Busca

Pesquisa personalizada

31 de out de 2009

Campeonato sob suspeita

Pergunta: Porquê sempre que há uma suspeita sobre a lisura de algum campeonato o time Leonor está no centro da polêmica?

Pois é, não bastou ano passado o campeonato brasileiro ter sido denominado, pelo escândalo mal explicado dos ingressos para o show da Madonna, de Madonão 2008.

Esse ano de novo há um claro benefício ao time Leonor. Por causa da 'mala branca' do Cruzeiro para os jogadores do Barueri o goleiro René (que fechou o gol contra o Flamengo) e Val Baiano (artilheiro do Time de Barueri) foram afastados 'preventivamente', justamente no jogo contra o time Leonor. Eles disseram que aceitaram a tal da 'mala branca'.

Agora eu pergunto, e se eu - adepto das teorias da conspiração [ironic] - achar que há uma 'mala rosa' em ação?

Já que comecei com uma pergunta encerro com outra: mala branca não pode, mas mala preta (ou rosa) pode?

O campeonato está, desde já, sob suspeita.

Bolão Brasileirão 2009 - Rodada 33

Então, eis que chegou o dia do maior clássico do mundo. Pena que será no Mato Grosso, mas por aqui leitores e torcedores são tratados com respeito. Então, ficamos assim: QUEM ACERTAR, SEJA PLACAR OU ARTILHEIROS, TERÁ SUA PONTUAÇÃO DA RODADA MULTIPLICADA PELA DIFERENÇA DE GOLS DO CLÁSSICO. Simples assim, 3 x 1 (dois gols de diferença), quem apostou esse placar ganha pontuação dobrada, em caso de 4 x 0 multiplica-se por quatro, e assim por diante.

Então, às apostas senhoras e senhores.



_______________________
O atrasao na postagem se deve a um problema que enfrentei cá com meu micro. Nada que um técnico não resolva na próxima semana.

30 de out de 2009

Sou líder, é você?

Teria muito para escrever, mas não vou fazê-lo, como não fiz quando o time foi mal e quase joga tudo a perder.

Por hoje, ainda embriagado pela felicidade de noite mágica, faço apenas alguns comentários:

1) Fazia tempo que não via uma comunhão assim entre time e torcida. Ouso a dizer que desde a época de Felipão;

2) O Muricy precisa achar um substituto para o Pierre. Há uma clara falta de um 'cão-de-guarda' no meio campo. Ontem, no primeiro tempo, com Edmilson em campo, o Goiás deitou e rolou por ali. No segundo tempo, com a entrade de Sandro Silva, as coisas melhoraram um pouco. O problema e que Sandro Silva tomou cartão e não pode jogar no domingo.

3) Quando digo que nem para embrulhar peixe servem os jornais esportivos! Manchete do Lance de ontem: Líder - em alusão ao SPFW que na noite anterior nos passava à frente por um ponto. O que não estampava a manchete é que ainda éramos líderes por pontos perdidos, pois ainda entraríamos em campo na mesma noite da manchete ufanista. Então, que o editor desse jornal recolha as sobras, que devem ter sido muitas, e use para limpar o local para onde a torcida do Palmeiras, em uníssono, os mandou tomar ontem.

Por fim, alguns textos de blogues Palestrinos. Porque somente nós merecemos, porque aqui é Palestra:

O Brasileirão tem um velho líder - Do Cruz de Savóia

Solta o grito - Binóculo Verde.

Pra lavar a alma - do Forza Palestra.

Ei, impren$a, vai %#@*¨%$# - do Dal 1914 Palestra Per Semper.

28 de out de 2009

Bolão do Brasileirão 2009 - Rodada 32

Às apostas senhoras e senhores. Por enquanto, só o silêncio. Aquele necessário, imposto, dolorido. Em breve nos falamos.

22 de out de 2009

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Comunicação não é uma atividade das mais fáceis. Entre aquilo que pensamos e escrevemos, e aquilo que é interpretado, há uma diferença enorme. Daí, para virar algo verdadeiro, mesmo que a interpretação sobre o raciocínio inicial tenha muita diferença deste, é fácil.

Então, para que não haja mal entendidos, a propósito de meu texto (Caro Professor Beluzzo), esclareço o seguinte:

1) Não fui ameaçado por ninguém. Nem por Conselheiro, nem por Diretor, nem pela Assessoria de Imprensa do Palmeiras;

2) Isso não quer dizer que outro blogueiro, que prefiro manter no anonimato
a pedido dele, não tenha sido ameaçado por um Conselheiro do Palmeiras;

3) Isso não quer dizer que uma ação de marketing de um outro blogueiro não tenha sido interrompida porque ele criticou o time e a direção do Palmeiras;

4) Isso não quer dizer que não houve um lamentável bate-boca entre esse blogueiro e um membro da Assessoria de Imprensa do Palmeiras, via Twitter, durante duas noites.

Mesmo expondo as razões acima mantenho tudo que disse na referida carta ao Presidente do Palmeiras. Linha por linha, letra por letra.

Quanto ao bate-boca com a LíberoCom cabe esclarecer que recebi e-mail do Carlos Lia, da referida Assessoria, dando conta que ele foi repreendido pelo fato, e que os outros membros da Líbero nada têm a ver com isso. Fato que me deixa duplamente feliz. Primeiro, porque baixada a temperatura fui tratado com o devido respeito que mereço: como um Palmeirense e como cidadão; e em segundo lugar, porque esse e-mail esclarece que o Finelli nada teve a ver com o fato, inclusive, está muito incomodado com isso tudo, pois ele – mais do que ninguém – foi vítima de censura e retaliações em passado não distante.

Quanto aos outros fatos: a ameaça a um amigo blogueiro, e o fim da ação de marketing devido a divergências de opiniões, reitero que considero fatos graves e que precisam ser esclarecidos.

No caso da ação de marketing, mesmo que seja uma opção da empresa fazê-la com A ou B, pesa o fato de se mostrar como as coisas ainda funcionam no Palmeiras, e o considero grave, pois basta uma opinião divergente para que o poder discricionário de alguém entre em campo. O que resta saber é quem tem esse poder, e em nome de quê – ou de quem – o exerce.

O outro caso, o da ameaça, é do tipo gravíssimo. Ela partiu de um membro da instância mais representativa do Palmeiras, seu Conselho Deliberativo. Esse tipo de coisa nos remete a um passado sombrio, onde quem discordava do status quo era censurado, tinha seu nome colocado em listas, era ameaçado fisicamente.

O fato de blogueiro criticar blogueiro eu acho até saudável, afinal, é assim que se constrói a democracia. Além disso, opiniões podem mudar ao sabor dos fatos. O que ontem era apoio irrestrito, e crítica àqueles que não aceitavam isso, hoje não é tão irrestrito assim. Amanhã, quem sabe, até eu empreste o meu apoio incondicional, mas isso assim o será segundo minha consciência, de forma alguma o empenharei sob a égide do pensamento único e principalmente do terror.

Muita calma

Calma nessa hora. Temos que continuar apoiando, se tivermos que ser campeões seremos.

O fanaticamente correto é dessa forma, né?

20 de out de 2009

Caro Professor Beluzzo

Havia eu resolvido não me manifestar sobre os oito (08) pontos perdidos, de nove disputados, que nos dariam sem sombra de dúvidas o título antecipado do certame em disputa. Havia decidido que era hora de continuar apoiando, independente daquilo que as aparências – e algumas informações – nos apresentavam. Havia – como já fiz em outras oportunidades – resolvido me calar, pelo meu bem, pelo bem de nossa torcida, mas principalmente, pelo bem do Palmeiras, aliás, o objetivo maior – aquele que move esse espaço.

Mas, os últimos acontecimentos pedem um posicionamento. Vamos a eles, seus desdobramentos e aos lamentos.

Analisando tabela, classificação e resultados, a derrota de domingo não foi de toda desastrosa, afinal perder para o Flamengo – por mais rivalidade que tenhamos, e principalmente por ela – é um resultado comum. No futebol se vence, se empate ou se perde. Contra grandes, como é o caso do Flamengo, uma derrota mesmo em casa é ‘normal’. O fato é que ela veio de maneira inexplicável, sem entrega, sem luta, com acomodação. Parecíamos um pequeno perdendo para um gigante. Some-se a isso o fato de termos empatado em casa contra o ‘gigante’ Avai e perdido para o rebaixado Náutico e pronto, bastou para alguns, os menos conformados, procurarem as razões para isso.

A busca por essas razões fez com que alguns fossem buscar suas fontes e ‘descobrissem’ problemas internos. Elenco rachado, falta de acerto na premiação, ‘baladas’... Não se sabe se os resultados da busca são a realidade dos fatos, mas o que isso importa?! Nada diferente do que aconteceria com a ‘grande mídia’, aquela que nos fustiga e que inspirou o nascimento de muitos de nossos espaços (para o contraditarmos nesse caso), mas que é tratada com deferência e petit-four nas dependências Palestrinas.

Não podemos nos esquecer o fato de haver uma ‘singela’ diferença entre a notícia sobre a possível falta de um acerto de premiação dada pela grande imprensa e a dada por um blogueiro Palmeirense. Para ser direto, sem rodeios, a diferença consiste que a dada por um blogueiro Palmeirense (Palestrino) é, sem sombra de dúvidas, na busca de chamar a atenção para um fato que poderá atrapalhar a caminhada para alcançarmos o objetivo que nos move; sendo mais direto ainda, tenta essa impedir que fatores extra campo atrapalhem a busca por um momento de êxtase, aquele do título, da conquista e da glória, advinda de um simples e sincero desejo de sermos novamente – ora veja – campeões nacionais.

Quem enxerga outro objetivo para além desse deve se tratar. Quem deseja cercear isso deve, imediatamente, ser afastado de suas funções no clube que tanto amamos.

É disso que quero falar; e falo diretamente a uma pessoa, aliás, nem sei se essa pessoa sabe que estão sujando sua biografia. Falo para o presidente do Palmeiras, falo para o economista, para o lutador pelos direitos individuais e pela democracia, Luiz Gonzaga de Mello Beluzzo. Em seu nome, ou contra o seu nome, estão cerceando, censurando, intimidando...

Presidente, ontem, esses que hoje estão sendo censurados, intimidados, lutaram por vossa eleição a frente dos destinos do Palmeiras justamente para acabar com práticas que hoje lhes estão sendo impostas.

Alguns desses não lhes cortejam, às vezes lhes são até antipáticos e desrespeitosos, mas jamais esperavam que vossos seguidores os fustigassem e perseguissem por pensarem diferente.

A história é pródiga em exemplos desse tipo. Revolucionar as revoluções é o que de mais difícil existe em processos desse tipo, sei que conhece o ‘Sobre as Revoluções’ da pensadora Hannah Arendt; lá ela nos diz que justamente esse – o momento do passo adiante – é o mais difícil a ser dado e que a massa ‘cega’ é o que joga tudo a perder.

Por isso, escrevo essas mal traçadas linhas justamente direcionadas a quem sei que pode dar um basta nisso, a quem pode frear o renascimento do terror, que pode dar um basta nessa sanha por pensamentos únicos e revanchistas.

Professor, o senhor sabe, mais do que ninguém, que são nas críticas, mesmo que as vezes sejam virulentas e até aparentem ser desproporcionais, que está o maná da democracia. São os críticos, na maioria das vezes, que nos fazem enxergar onde estão nossos pequenos (e até os grandes) erros; aqueles que nos cercam, nos elogiam, nos cegam, propõem cortes de cabeças (guilhotinam), invariavelmente, amanhã serão os que nos decapitarão...

Professor Beluzzo, não deixe que a nossa maior luta: o fim das trevas no Palmeiras, retorne como farsa, senão – sem dúvida nenhuma – ela se transformará em tragédia. Se isso acontecer a história não o absolverá, tenha certeza disso.

Forza Palestra!

_____________
Modificado em alguns trechos

19 de out de 2009

Para além do futebol...

A cada momento uma nova reflexão. Alguns clássicos da literatura, da sociologia, da política, da filosofia... Porque há vida além do futebol; mesmo que ele seja uma metáfora da vida.

Hoje: O PRÍNCIPE - de NICOLÓ MACHIAVELLI.



Costumam, o mais das vezes, aqueles que desejam conquistar as graças de um Príncipe, trazer-lhe aquelas coisas que consideram mais caras ou nas quais o vejam encontrar deleite, donde se vê amiúde serem a ele oferecidos cavalos, armas, tecidos de ouro, pedras preciosas e outros ornamentos semelhantes, dignos de sua grandeza. Desejando eu, portanto, oferecer-me a Vossa Magnificência com um testemunho qualquer de minha submissão, não encontrei entre os meus cabedais coisa a mim mais cara ou que tanto estime, quanto o conhecimento das ações dos grandes homens apreendido através de uma longa experiência das coisas modernas e uma contínua lição das antigas as quais tendo, com grande diligência, longamente perscrutado e examinado e, agora, reduzido a um pequeno volume, envio a Vossa Magnificência. Leia a obra clicando aqui
.

E essa dedico a meu amigo Raphaello, do Cruz de Savóia:

"DE CRUDELITATE ET PIETATE; ET AN SIT MELIUS AMARI QUAM TIMERI, VEL E CONTRA".

"...um príncipe sábio, amando os homens como a eles agrada e sendo por eles temido como deseja, deve apoiar-se naquilo que é seu e não no que é dos outros; deve apenas empenhar-se em fugir ao ódio..."

Bolão Brasileirão 2009 - Rodada 31

Tem hora que o melhor a fazer é se calar. Então, vamos a mais uma rodada de nosso bolão. É a rodada 31. Na próxima semana, sem falta, a atualização.

17 de out de 2009

Bolão Brasileirão 2009 - Rodada 30

Atrasado, mas ainda em tempo, eis a rodada 30 de nosso bolão. Às apostas senhoras e senhores.

15 de out de 2009

Deixa com a gente

Com o título acima o Seo Cruz, do Cruz de Savóia, mostrou como deve - e vai ser - o espírito no domingo.

Se quiser vaiar, se for para cornetar, se esperar espetáculo ou jogo fácil, que o 'da poltrona' fique em casa. Domingo é mais um dia de sofrimento, jogo duro. Como diz o Barneschi: deve ser por 1X0, com chuva, lama e sofrimento. Afinal, aqui é Palmeiras, e para a gente tudo é sempre mais difícil. Assim sempre foi conosco; somos forjados na dificuldade, por isso temos história. Dessa forma é que temos torcedores, não seguidores e simpatizantes.

Nesse momento eu poderia dissertar sobre o que é ser Palmeirense e sobre a importância de nosso apoio ao time. Não o farei. Primeiro, que para o verdadeiro Palmeirense isso não é necessário; segundo, porque nosso maestro, o 'monstro', já disse tudo. Para aqueles que acham que 'a vida é feita apenas de festivais', eis o que disse nosso Diego, em sua volta a casa:

"Quero voltar para o 'meu' Palmeiras e fazer o possível e o impossível para brigar por este título. Sei das dificuldades, mas conseguimos manter uma vantagem importante e agora quero retornar com ainda mais vontade para ajudar meus companheiros."


Esse é Diego, nosso maestro, o 'montro'; e ele está de volta:



Capice, caros Palestrinos?

Domingo é dia de atropelar; para isso o time precisa mais do que nunca de APOIO.

14 de out de 2009

Mudanças

Caros amigos e leitores, esse blogue nasceu há mais de dois anos. Nasceu pela falta de perspectiva desse que vos escreve em ter um espaço para emitir suas opiniões; nasceu pela vontade de abrir um espaço aos Palestrinos para que as convergências - e às vezes divergências - de idéias, todas sobre o nosso querido Verdão, nos aproximassem em nossa paixão pelo Palmeiras.

Desde o início estamos no mesmo endereço, estamos no blogspot. Desde o início com o mesmo nome: Forza Palestra.

Entretanto, como todos sabem - esse blogueiro no início não sabia - já existe um outro blog com o mesmo nome. Trata-se do Forza Palestra do amigo Barneschi.

A rede de blogues destinados aos torcedores do Verdão cresceu. O número de leitores também. Faz-se necessário então que mudemos de casa e, quiçá, de nome. De casa para podermos ter outras ferramentas que o blogspot não nos oferece. De nome para não confundirmos os leitores, já que - como já disse - existe um outro blogue, mais antigo, com o mesmo nome.

O local já foi escolhido, em breve lhes comunico. O nome deixo por conta de vocês. É isso, peço a todos que enviem sugestões de um novo nome para o blogue, que continuará com a mesma linha editorial, defendendo as cores alviverdes, as coisas do Palmeiras e o Palmeiras.

Nome escolhido, a partir das sugestões que surgirem, buscaremos uma 'boa alma' que crie uma nova identidade visual para o nosso espaço, além de colaboradores que possam enriquecer um espaço que pretende - como sempre pretendeu - ser plural nas opiniões Palestrinas.

É isso. Aguardo, desde já, sugestão de um novo nome para esse espaço, como agradeço desde já os amigos que se prontificarem a colaborar.

É isso. Forza Palestra!

____________________
Em tempo: Não é um FDP esse Dunga!? Pra que levar o Diego se é para testá-lo somente às portas do paraíso, nas alturas e sem oxigênio? Morre Dunga! Vai Itália!

10 de out de 2009

One question

Blogando, e teclando, desde a margem direita do Rio Tietê, na progressista e aprazível Barra Bonita, o boto, aquele que aterroriza as virgens do pedaço (segundo o amigo Carlinhos), tem uma única pergunta a ser feita no dia de hoje:

E MADAME, VAI BEM?

9 de out de 2009

hienas

Ao final da rodada passada (27ª.) estávamos com cinco (05) pontos de vantagem sobre o segundo colocado; o terceiro era o Atlético com 47; o quarto o Goiás com 45; e o quinto o Internacional com 44.

Nesta rodada, seguimos líderes, com os mesmo 5 pontos de vantagem sobre o segundo colocado, que ainda são os Bambis, e com uma rodada a menos para elas tirarem essa vantagem; o Internacional deu uma subida e diminuiu a diferença – de 9 para 7 pontos; o Atlético viu nossa diferença subir de 6 para 7 pontos; e o Goiás segue patinando nos 45 pontos e vê a sonho pelo título se esvair em 9 pontos de diferença para o Verdão.

Pois bem, o empate – que nos pareceu amargo – pelas circunstâncias do jogo e pelos desfalques, principalmente os da defesa, não foi de todo ruim. Nada que nos dê motivos para desespero.

Segunda é despachar de vez os aflitos (Náutico) para ‘segundona’ e sacramentar mais uma rodada na liderança, além de ver os concorrentes lamentarem a nossa sorte.

Depois teremos quatro jogos (dois no Palestra: Flamengo e Goiás; e dois fora de nossos domínios: Santo André na ‘casa’ deles, e os fregueses em Prudente) sem sair do Estado de São Paulo. São quinze pontos em disputa e ouso dizer que se ganharmos 12 deles, estaremos ainda firmes na liderança e quiçá mais longe do segundo colocado.

Então, pergunto: do que riem as hienas?

Forza Palestra!

Bolão do Brasileirão 2009 - Rodada 29

Às apostas senhoras e senhores.

8 de out de 2009

Que assim seja

Com chuva, com desfalques, sem o craque do time. Porque quem quer espetáculo que vá ao teatro, quem quiser conforto que fique em casa e quem pensar em vaiar que nem ouse entrar no Palestra. Porque hoje - e sempre - é dia de apoiar. Porque aqui é Palmeiras.

E que assim seja...

À la twitter: Vai #PALMEIRAS.

Daqui a uma hora mais ou menos lá na concentração; no Izidoro.

Forza Palestra!

Passatempo: diretas

Sim amigos, gosto desse tipo de passatempo. Então, quero compartilhar com os amigos esse que encontrei, mas ainda não preenchi. Trata-se de uma daquelas palavras cruzadas diretas temática, o tema é "Times brasileiros Campeões da Copa Libertadores da América".

Como ainda não preenchi convido a todos que imprimam e tentem encontrar, nas colunas com asterisco, um time que no próximo ano completa 100 anos. Isso mesmo, 100 anos sem Libertadores. Ou seja, podem procurar, mas não vão encontrar em nenhuma das colunas o tal time.

Sonho olímpico

E não é que o Morumbi (panetone, privadão...) realmente se transformou em um estádio olímpico...

7 de out de 2009

[OFF] O verdadeiro mascote

BRASILEIRINHO

"Venho dizendo que o Palmeiras é favorito, que tem o craque do campeonato, Diego Souza, e que Muricy Ramalho já está colaborando para o caminho do título, queimando a língua de muita gente – e o jogo contra o Santos foi só mais uma prova da qualidade do elenco e da participação (não autoria) do técnico. Muitas vezes a resposta a isso é um “Sim, mas o nível técnico do campeonato está muito baixo”. Bem, bateram na porta errada: aqui nunca entrou a tese de que o Brasileirão é competitivo porque teria muitos times capazes de vencer, com as melhores revelações do futebol mundial.

Só não dá para fingir que, na comparação, o Palmeiras é quem tem mostrado equilíbrio tático (Edmílson deu outra personalidade ao sistema defensivo, e Souza tem substituído bem Pierre) e alguns requintes técnicos (como no lance do gol em que Diego Souza começou o ataque com “cavadinha” para Cleiton Xavier, que conduziu a bola entre vários adversários até o passe para Robert). Como os comentaristas tinham certeza de que a arrancada do São Paulo com Ricardo Gomes o levaria ao tetra, agora precisam desmerecer o Palmeiras?
"

Comentário: Não, meus caros, não fui eu quem escrevi esse texto. Não fui eu quem criticou 'os comentaristas', nem fui eu quem disse que 'eles' desmerecem o Palmeiras. Esse texto é do colunista Daniel Piza, que escreve às quartas-feiras no Estadão. Se quiserem ler todo o artigo, que ainda trata de Olimpíadas e dos rivais (timinho), basta para isso clicar aqui. Depois é Palmeirense que tem mania de perseguição. Em tempo: o grifo no texto é meu.

Bolão do Brasileirão 2009 - Rodada 28

Ainda sem a atualização das últimas rodadas, pelo que peço desculpas, mas prometendo fazê-lo em breve, iniciamos as apostas da rodada 28 de nosso bolão. Mas, antes, somente duas perguntas: Eu amanheci líder, e você? E madame, como vai?

4 de out de 2009

Pintou o campe...

Ops, ainda não é a hora, mas que dá vontade de gritar, de soltar o grito de campe... da garganta, isso dá!

Partida precisa. Marcou quando preciso, jogou o necessário. Feito escorpião a esquadra verde foi cirúrgica, quando preciso foi lá e fez o necessário. Estamos no caminho certo, faltam apenas 10 jogos. Acho difícil, mesmo com a torcida de grande parte da imprensa, essa taça não vir para a nossa casa.

E, parafraseando o @SeoCruz, na base do twitter: Cadê a Madame? Ou, Madame vai bem?

E que monstro é Diego Souza. Pena que nos próximos dois jogos a seleção nos privará de seu futebol, mas - com ele ou sem ele - o Verdão irá atropelar, pois 'essa é nossa e o boi não lambe', como se diz lá na margem direita do rio Tietê onde nasci.

Ainda deu tempo para DS7 dizer para as 'bixinhas lá do Jardim Leonor' que estamos sim nos cuidando, como não poderia deixar de ser. Chupa Hugo!

É campe...

2 de out de 2009

Momento GRINGO

O Gringo é um cara bacana. Palmeirense de primeira linha; não é amendoim, é da arquibancada. Mas, de vez em sempre solta lá suas frases sem noção, que não passam desapercebidas pelos camaradas lá no Palestra ou nos arredores quando, invariavelmente, o nosso 'uruguaio' está se deliciando com uma brasileiríssima Skol.

Pois bem, a pedidos da arquibancada está inaugurado o MOMENTO GRINGO em nosso blog. Sabe aquela frase sem noção, sobre o futebol e a vida, que sai de uma amigo, jornalista, apresentador de TV etc.? Mande ela pra gente, com os devidos créditos, que a publicaremos.

Na estréia, lá vai uma. Motivada pela escolha do Rio como sede da Olimpíada de 2016, que esse blogueiro apoia e se sente feliz pela honraria concedida ao Brasil, é uma frase do chefe da 'patota do bem', Juca Kfuro:

"Eu, por exemplo, sou contra e torço para que daqui a pouco o mundo saiba que a Olímpiada será em Madri, embora deva ser em Chicago [...] Terei uma grande surpresa se der Rio..." J. Kfuro, jornalista e especialista em errar previsões, inclusive por algumas delas já deve estar 'maneta', sem os dois braços. Foi ele também que anunciou Valdívia no SPFW.

Bolão Brasileirão 2009 - Rodada 27

Neste domingo desceremos a serra para enfrentar a Putinha do Litoral, que vem jogando sua história no lixo por conta de um presidente que resolveu fazer o jogo das putas daqui, para no lixo da Vila Belmiro assegurarmos mais uma rodada na liderança do Brasileirão 2009.

Como semana passada, por conta de vários compromissos, atrasei o post do bolão, e alguns apostadores reclamaram disso com razão, essa rodada terá PESO DOIS. Ou seja, todos os acertos serão multiplicados por dois.

Então, às apostas senhoras e senhores.



Atualização dos resultados no início da próxima semana.