A ARQUIBANCADA NA REDE - WEB ARQUIBANCADA
"Em 40 anos de jornalismo, nunca vi liberdade de imprensa. Ela só é possível para os donos do jornal". (Cláudio Abramo, que dirigiu Folha e Estadão)

Busca

Pesquisa personalizada

30 de set de 2008

Será que é pedir muito?

Essa vem lá do Blog do Meu Saco.

Não precisa nem de comentários, pois o texto fala por si só. Coisa fina, mesmo.

Silêncio

Como o leitores podem perceber, enquanto os outros Blogs da Midia Palestrina estão a todo vapor, seja criticando a imprensinha pela PÉSSIMA E RANÇOSA cobertura que estão fazendo sobre a liderança do verdão, seja noticiando e criticando a postura do atual presidente do verdão que quer porque quer dar um golpe na democracia interna do clube, esse blogueiro preferiu o silêncio.

Não! Não irei me calar. Acontece que estou - desculpem o termo por falta de outro mais ameno - tão PUTO, que o melhor no momento é o silêncio.

Quando sou atingido por esse espírito - digamos - irracional, costumo perder as palavras e partir para a agressão - não a física, longe de mim - mas, a verbal, aquela que pode atingir até genitoras que nada têm a ver com os fatos.

Por isso, no momento, prefiro apenas justificar meu silêncio e remoer minha raiva. Mas, deixem estar, pois a data da guerra contra os bambis se aproxima, e aí não haverá racionalidade que me segure. Daí terei a minha vingança.

Forza Palestra!

26 de set de 2008

Bolão - 27a. Rodada

No ar a 27a. rodada do Bolão do Brasileirão 2008, eis os meus palpites:

24 de set de 2008

Bolão - resultado da 26a. Rodada

Eis o resultado da última rodada (26a.) de nosso bolão. Depois, vamos aos comentários e aos problemas de brechas no regulamento que se me apresentam.



Comentários: Rodada quase que para cumprir tabela, pois todos foram bem - na média - com uma ou outra exceção (não é Rapha e Lira?). Com isso, as coisas seguem - mais ou menos - como estavam. Tivemos dois apostadores que acertaram o resultado exato do jogo do Palmeiras (2x0) e faturaram 4 pontos extras (Dimar e Renato), aliás, sorte dos dois, pois nos outros palpites eles foram muito mal. No mais, o Pinho se aproxima do Guto perigosamente, e eu venho me recuperando na tabela.

Problema do regulamento: Recebi mensagem do Lira solicitando pontuação extra por ter acertado o artilheiro (Diego Souza) no jogo contra o Cruzeiro, apesar dele ter apostado no empate (1x1). Eu até respondi dizendo que iria computá-los. Entretanto, me lembrou o Renato que ele apostou 1x0 contra o Internacional, e que o gol seria do Alex. O Palmeiras perdeu de 4x1, mas o gol do verdão foi do Alex. Por isso, ele também pleiteia os pontos extras por ter acertado o artilheiro.

Imbróglio. Mas, resolvi o seguinte, pois em casos omissos do regulamento sou o tribunal de última instância para resolver as pendências: como fiz todo o regumento para salvaguardar a honra e a glória do Verdão (percebam que é PROIBIDO apostar contra o glorioso), não computarei pontos extras para artilheiros caso não haja acerto concomitante no placar (com vitória ou empate do verdão).

Sei que a medida é arbitrária, mas caso eu aceitasse qualquer um dos argumentos eu estaria ferindo o 'espírito da lei' - aquilo que o legislador (no caso eu mesmo) objetivou ao criá-la. Além do mais, caso eu abra esse precedente terei que rever os resultados de todas as rodadas, desde a primeira, e - confesso - não tenho como fazer isso.

Espero que todos entendam.

Forza Palestra

Grave, muito grave

Esta foi literalmente 'copyleftada' lá do Blog xará (FORZA PALESTRA).

Jornalista, até onde eu sei, não deve virar notícia. Milton Neves, um grande jornalista na década passada, não pensa assim. E aparece como notícia em tudo quanto é lugar, quase sempre no embalo das infantis polêmicas criadas em seu programa de TV – na rádio, felizmente, é outra história. Vejamos a mais recente presepada:

Milton Neves, o jornalista e dublê de animador de auditório, foi entrevistado pelo Zero Hora. Não por algum mérito próprio, mas simplesmente porque faz questão de aparecer. Não contente, ainda reproduziu o conteúdo em seu blog. Eis aqui a reportagem e abaixo o trecho de maior destaque:

ZH – A diretoria do Grêmio critica o STJD por não ter punido Diego Souza, do Palmeiras, por um cotovelaço em Fabrício, do Cruzeiro. Está certa?
MN – É bom falar nisso. A direção precisa saber que Diego Souza será indiciado e suspenso por Paulo Schmitt (procurador-geral do STJD) por causa do meu programa. Botei 12 vezes a imagem da agressão. Quando ele for suspenso, quero ver o que irão falar.

O que temos é de uma gravidade enorme. Em uma só resposta, Neves julga (ao falar em “a imagem da agressão”), antecipa o resultado da sessão do STJD (“... será indiciado e suspenso...”) e credita isso tudo ao seu showzinho de todo domingo à noite (“... por causa do meu programa”.). E demonstra muita proximidade com o tal Schmitt, o procurador que deveria procurar o que fazer da vida.

É grave, muito grave, em especial porque Neves acaba por inserir o seu nome como protagonista do espetáculo, à medida que se diz capaz de influenciar a decisão de um tribunal que se diz soberano. E demonstra todo o seu apego ao sensacionalismo barato (“Botei 12 vezes a imagem da agressão”, dispara.).

O futebol brasileiro vai de mal a pior.


Nota do Blog

A postagem do Barneschi fala por si. Entretanto, não posso deixar passar batido, então vai:

ESTÃO QUERENDO ACABAR COM O FUTEBOL NO BRASIL COM ESSA 'PALHAÇADA' DE TRIBUNAL A TODO MOMENTO. É MUITA GENTE QUE NÃO TEM NADA O QUE FAZER NO MEIO TENTANDO APARECER; COMO ESSES PROCURADORES/TORCEDORES.

NO CASO DO MILTON NEVES, QUE TEM O QUE FAZER NO MEIO - JÁ QUE ELE SE DIZ JORNALISTA, E ESTES SERVEM PARA A NOBRE ARTE DE REPORTAR FATOS AO PÚBLICO -, PREOCUPA O FATO DE QUERER APARECER FAZENDO MÉDIA COM A TORCIDA GAÚCHA; MAS O MAIS GRAVE FOI DITO PELO BARNESCHI: TERÁ ELE INFLUÊNCIA REALMENTE NO RESULTADO DE UM JULGAMENTO? COM A PALAVRA OS SENHORES PROCURADORES.

22 de set de 2008

Ídolos

Sim, vencemos; estamos a um ponto do Grêmio, mas já com a vantagem de uma vitória a mais que ele. Sim, estamos na briga e fortes para a conquista do título. Mas, não é sobre isso que quero escrever hoje. Quero é mostrar o como nossa torcida trata seus ídolos.

Antes mesmo de entrar no Palestra presenciei a torcida homenageando o seu maior ídolo: Marcos. Na RuaTuriassu, uma hora antes do jogo ter início, a torcida verde já entoava cânticos de louvor a seu ídolo. Não foi diferente dentro do estádio. Placa comemorativa, bandeira com a imagem do Santo adornando o gramado, torcida que canta e vibra cultuando o seu ídolo. “PQP, é o maior goleiro do Brasil, Marcos!”

Somente isso já bastaria para mostrar o quanto essa torcida sabe reconhecer aqueles que vestem a camisa e mostram o seu amor ao Palmeiras, mas não, lá estava Edmundo, ídolo de muitas jornadas, muitos títulos; só que agora defendendo o rival, exatamente a equipe a ser batida na noite, o Vasco.

Mais uma vez a torcida do Palmeiras mostra sua grandeza e ensina os sem alma como uma torcida deve se comportar com seus ídolos. Apesar do Animal estar envergando a camisa do adversário, lá está de novo nossa torcida entoando cânticos de louvor ao ídolo. “Ao, Ao, Ao, Edmundo é animal!”

Quando eu disse que se for verdadeira a história de que Valdívia irá para o time Leonor azar o dele, pois lá não sabem o que é um ídolo, é disso que eu falava.

Parabéns torcida que canta e vibra!

Forza Palestra.

20 de set de 2008

São Marcos 400

Existem coincidências que a lógica não consegue explicar. Amanhã, um dia depois de comemorarmos 66 anos da existência do Palmeiras (Arrancada Heróica), São Marcos do Palestra Itália atinge a marca de QUATROCENTOS (400) jogos envergando o manto sagrado que já foi de Oberdan, Fábio, Joaquim Valdir, Leão... E, que será um dia de Bruno, de Deola; quem sabe de outro Marcos, de outro Valdir, de um Pedro...

Ídolo na acepção da palavra, Marcos é para mim o MAIOR GOLEIRO que atuou no Brasil em todos os tempos. Suas qualidades técnicas não precisam ser elencadas, pois todo Palmeirense sabe o que representa ter São Marcos defendendo a última linha de nossa defesa.

Sobre o caráter, que é o que a imprensa do bem gosta de ressaltar, somente comento o fato de não nos ter abandonado no pior momento de nossa história, isso eles não sabem o que representa; nós sim, pois jamais iremos esquecer, e não há 'grito de guerra', homenagem ou estátua, que possa pagar essa dedicação e amor ao nosso amado clube.

Parabéns São Marcos, pois como você mesmo disse "SÃO 400 JOGOS SOFRIDOS".

Pena que os torcedores de raça alienada não tenham o respeito com os ídolos alheios, aliás, eles nem sabem o significado da palavra.

___________________
Para a raça alienada, que não sabe o que é ter um ídolo, aí vai uma pequena carta do Cruz de Savóia.

Forza Palmeiras

Tenho duas filhas. Ambas já devidamente iniciadas na arte de torcer pelo glorioso Palestra Itália. Ambas me enchendo de orgulho quando, mesmo com alguns erros, entoam o nosso hino, ou quando envergam a camisa verde-esmeralda que me pediram de presente.

Perguntavam-me quando é que seríamos campeões, e quando elas poderiam esfregar a faixa na cara dos amiguinhos alienados (não preciso nem dizer por qual time eles simpatizam) que insistiam em dizer que nunca vencíamos nada. Encheram-me novamente de orgulho quando foram para o colégio paramentadas pelas faixas que lhes presenteei quando do título paulista.

Aos poucos vou lhes contando a nossa história. De como um ‘punhado’ de italianinhos, contra tudo e contra todos, construiu uma história de glórias. Vou aos poucos lhes mostrando que temos que manter viva a chama daqueles que há 66 anos adentraram ao estádio do Pacaembu não para disputar mais uma final, mas para mostrar a todos – inclusive à raça alienada – que éramos (e somos) a encarnação de um sonho, de uma luta, do orgulho de um povo; mas, para mostrar-lhes – acima de tudo – que apesar de termos vindo de muito longe, éramos muito mais brasileiros que muitos deles, porque – apesar de sermos fruto da saudade de uma terra – por aqui havíamos encontrado um lar que aprendemos a amar, respeitar e ajudamos a transformá-lo em uma imensa nação.

Elas saberão da história toda, para que no futuro possam passá-la a meus netos(as), e para que essa chama jamais de apague; queiram os alienados ou não.

Nascemos campeões, seguimos o sendo; para desgosto e fúria de alguns.

Forza Palmeiras!

Eis alguns links, juntados em minhas leituras da Mídia Palestrina, que retratam o sentimento da massa Palestrina neste dia:

Arrancada Heróica, 66

Meu ódio sera tua herança

Ao dia de San Gennaro

Feliz Dia do Palmeiras

Nasceu Campeão

19 de set de 2008

Bolão - resultado da 25a. Rodada

Se não houver nenhum erro estamos assim:



Alguns acertos de placares do jogo do Palmeiras. Um acerto de placar e artilheiro. Alguns resultados na média, alguns abaixo da média (como eu) e alguns apostares que se esqueceram de apostar. O jogo está, a cada rodada, mais emocionante. Eu, aos poucos voltando ao normal e retomando as postagens. No bolão estou caindo pela tabela. Mas, deixe estar que nesta rodada me recupero.

Bolão - 26a. Rodada

Simples assim:

17 de set de 2008

Drops

Ausência

Por absoluta falta de tempo - compromissos familiares, vestígios daquele vírus que me pegou e ninguém sabe me dar conta de qual deles foi, trabalho, cobranças de meu orientador para que eu apresente um primeiro capítulo de minha dissertação, e, mais trabalho – estive ausente desse espaço. Não prometo – pelo menos por enquanto – regularizar a situação, pois tenho uma semana para contextualizar o futebol no mundo do espetáculo. Pode parecer pouca coisa, mas tenho algumas leituras por fazer, alguns textos e livros por conseguir, e – raios – sentar defronte um computador e escrever, escrever e, escrever, pelo menos umas vinte páginas; e tudo ao gosto deste que vos escreve, do orientador que cobra, e de uma professora que ministra uma matéria que se chama seminário de pesquisa (que nada mais é que uma matéria para ‘fiscalizar’ a quantas – e como - anda a minha dissertação). Então, peço paciência ao amigo leitor, dentro do possível vou atualizando o Blog.

Palmeiras rumo ao título

Não! Não são favas contadas, mas no sábado escrevi uma pequena nota dando conta de que o Celso Roth havia começado a nos ajudar, além de cobrar time e comissão técnica (esta pelo rio de dinheiro que ganha), pois havia chegado a hora de separar os homens dos meninos. E não é que eles mostraram que valem o quanto pesam. Isso quer dizer que já somos campeões? Repito, não. Mas, que demos sinais claros que estamos fortes na briga, demos. Agora, nas próximas três rodadas (Vasco em casa, Náutico nos Aflitos e Atlético/MG em casa) é para somarmos nove pontos, assumirmos a liderança e jogarmos a pressão para aqueles que vêm atrás. Daí por diante é administrar, e quiçá comemorarmos o título que tanto almejamos.

Valdívia

Estreou ontem em sua nova equipe, marcou dois gols e foi expulso de campo por um entrevero com um zagueiro do time adversário. Grande Mago!

Imprensa I

No começo do ano o Juca ‘Kfuro’ (o Chico Lang genérico e do bem) deu uma nota dando conta de que Valdívia estaria de malas prontas para o time Leonor. Foi um ‘furo’, n’água. Esta semana Chico Lang (o original) deu nota dando conta de que o Mago está já apalavrado e acertado com o time Leonor para, no início do próximo ano, desembarcar no time sem alma. Alguns comentários: Não creio nessa ‘triangulação’, pois há – segundo informações – cláusula no contrato do mago que impede essa artimanha. Além disso, nada me comprova que as informações dos dois ‘Chicos’ (o do bem e o original) são confiáveis. Mas – em todo caso – se o Valdívia for mesmo para o time Leonor, se aceitar esse tipo de coisa que vá, pois ele mostrará que realmente é um ídolo de barro; que vire ídolo dos ‘torcedores’ de lá, pois mostrará que nunca foi digno de vestir o manto sagrado e ser ídolo de uma verdadeira torcida. Se for, verá – rapidamente – a diferença em jogar em um time que tem uma torcida e em um time que têm simpatizantes. Pior para ele.

Imprensa II

Quero ver, se a notícia que citei acima for verdadeira, como será o comportamento da imprensa. Tenho a absoluta certeza que o cai-cai, que o jogador não decisivo, que o jogador problemático, rapidamente se transformará no maior jogador em atividade no Brasil. Isso já aconteceu com o Rivaldo, com o Alex, e com muitos outros que – por jogarem no Palmeiras – sempre tiveram que provar (não sei para quem) que eram craques. Aliás, os mais apressadinhos da imprensa estão dizendo que o Mago mais atrapalhava que ajudava, pois o Diego Souza somente subiu de produção com a saída dele. Que o Diego está jogando bem em sua função de origem eu concordo, mas cabe ao treinador juntar os melhores jogadores em um time. Agora, dizer que o Mago atrapalhava é brindar minha inteligência com sofismas para provar teses pré-concebidas, coisa de gente sem o mínimo discernimento (para não dizer sem caráter). Essa imprensa esportiva...

Imprensa III

O Blog La Nostra Casa lançou uma campanha onde os leitores podem mandar sugestões para serem debatidas com os responsáveis pela execução da Arena Palestra. Trata-se de uma iniciativa inédita, onde a torcida será ouvida sobre como quer que seja a sua casa. Não é que hoje, em uma nota do Painel da Folha (órgão oficial da oposição no Palmeiras), sem ouvir ninguém, solta uma nota dizendo que os corneteiros (amendoins – segundo a nota) estão descontentes com a capacidade da Arena, usando a campanha – mesmo sem citá-la – como fonte de informação. Leia aqui, aqui a repercussão do caso. Essa imprensa esportiva...

Imprensa IV

Prometo que é a última nota sobre essa gente. Ouvi do Mauro Cezar Pereira e do Kfuro que não confiam no time do Palmeiras para ganhar o título, mas – mesmo estando a nove pontos do líder – o time Leonor é sim can-di-da-tís-si-mo ao título. É ou não é para ter um elefante atrás da orelha e achar que essa gente tem outros interesses além do jornalismo? Essa imprensa esportiva...

Roque Júnior

Em minha opinião uma boa contratação. Em forma é – sem dúvida nenhuma – superior ao Gladstone e ao Jéci. Pode formar uma boa dupla com o Gustavo; pode ser o zagueiro da sobra em uma composição com Gustavo e Maurício, ou mesmo com Gustavo e David. Quem sabe, fazendo um bom restante de campeonato, possa ser o zagueiro experiente que nos comandará na busca do próximo título da libertadores ano que vem.

Política no Clube

Apesar de alguns amigos acharem que não é golpe a tentativa de prorrogação do mandato do atual presidente do Palmeiras eu não concordo com a tese. Mesmo tendo que ser aprovada - a mudança do estatuto pelos associados, o simples fato de se aventar a possibilidade é golpe sim. Afinal, mandado é para ser cumprido, não prorrogado. Quem ganha com isso? Os anti-Palmeirenses (o nefasto e seu grupo, a imprensinha Leonor).

Por enquanto é isso.

Forza Palestra!

________________________
O Raphaello, do Cruz de Savóia, está fazendo um apanhado de como a imprensa - a cada dia - se torna mais Leonor. Prova diária do amor (ou será interesse?) que os 'jornalistas' nutrem pelo time sem alma. Vale a pena conferir, está aqui.

13 de set de 2008

Estamos na briga

E não é que o Celso Roth volta à normalidade e o Grêmio perde - em casa - para o gigante Goiás?! Estamos, de novo, na briga, pelo menos até a rodada de amanhã; agora depende de nosso time, de nosso elenco, de nosso grupo de 'profissionais'; do professor - que ganha rios de dinheiro para, exatamente nestes momentos, mostrar porque merece ganhar estes rios de dinheiro.

Forza Palestra!

12 de set de 2008

Bolão - 25a. Rodada

Está no ar a 25a. Rodada do Bolão do Brasileirão 2008. Seja o que os deuses quiserem.

10 de set de 2008

A parte que te cabe neste latifúndio

o futebol brasileiro e a globalização

Por: Marcos Alvito

Via: Scielo

Não há como negar a existência atual de um mercado de trabalho mundial para jogadores de futebol profissional. Esta nova configuração tem afetado profundamente a existência e o funcionamento dos clubes brasileiros, pois na nova ordem do futebol mundial a parte que cabe ao Brasil é a de formador de «pés-de-obra» para serem oferecidos ao mercado internacional.[leia mais clicando aqui]



_____________________
Aproveitei a pesquisa que venho fazendo e acrescentei mais um brilhante artigo do professor Marcos Alvito. Para aqueles que querem compreender as mudanças por que vem passando o futebol vale a pena a leitura. O texto na íntegra está em A parte que te cabe neste latifúndio, em LINHA ATACANTE DE RAÇA.

O esporte que vendeu a sua alma

Essa é em homenagem ao meu amigo Barneschi. Espero que ele não tenha razão, mas os fatos narrados neste artigo mostram que - infelizmente - caminhamos para o fim do futebol como o conhecemos, e como o apreciamos.

Como o rude desporto bretão se tornou um ramo privilegiado da indústria do entretenimento

Por: Marcos Alvito

"O Emirates Stadium, um colosso de concreto que mais parece um aeroporto ou um shopping center, custou 400 milhões de libras (1,6 bilhão de reais). Embora comporte mais de 60 mil torcedores, comprar ingresso para um jogo do Arsenal é missão quase impossível. Ingresso garantido, só para os que têm um cartão permanente (o season ticket) que dá direito a assistir a todos os jogos. Custa a bagatela de 990 libras (cerca de 4 mil reais), mas a lista de espera pode demorar até quinze anos. Para ficar na lista, é preciso pagar 45 libras (180 reais). Descendo um degrau na hierarquia pecuniária dos torcedores (ou consumidores?), há os sócios-torcedores. Pagando cerca de 30 libras (120 reais) por ano, eles podem comprar ingressos para todos os jogos – mas só depois de descontados os reservados aos que têm o cartão permanente. Nesse caso, os ingressos custam 40 libras (160 reais), no mínimo. E existe, finalmente, a categoria dos reles mortais, que poderão comprar ingressos só se sobrar algum."[leia mais]


Espero que não cheguemos a isso. Será muito triste.


Via: Revista Piauí - no. 15
_________________________
O artigo inteiro está no link: O esporte que vendeu a sua alma, em LINHA ATACANTE DE RAÇA.

Palmeiras X SPFW

Alô diretoria, não aceitaremos nada diferente de jogo que não seja em nossa CASA! E nossa casa, caso tenham esquecido, é essa:

9 de set de 2008

Pitacos

Dando uma rápida olhada pelos Blogs Palestrinos nesta semana sem jogos - sim, sem jogos, pois jogo da seleção não me anima há tempos - me chamaram a atenção alguns posts que reproduzo por aqui.


Quem no ataque?


“Com as suspensões de Alex Mineiro e Kleber, Luxemburgo terá uma dura missão esta semana, em Atibaia: definir a formação ofensiva para enfrentar o Cruzeiro, no prélio decisivo do próximo domingo...” [clique aqui e leia a opinião do Conrado, lá no Parmerista].

Eu, de minha parte, não faço a menor idéia de como deva jogar o Palmeiras. O que sei é que esse, mas que qualquer outro jogo do campeonato, é o divisor de águas, pois caso não consigamos os três pontos, estaremos abdicando definitivamente da disputa do título, ou alguém acha que o Grêmio vai vacilar em casa e perder pontos para o poderoso Goiás? Além disso, se perdermos estaremos nos afastando do Cruzeiro, que abriria três pontos, e não teremos mais o confronto direto contra eles. A boa notícia é que os que vêm atrás: Botafogo, Coritiba, Flamengo, SPFW também tem jogos complicados. Flamengo e SPFW se matam entre si; o Botafogo recebe o imprevisível Internacional; e o Coritiba sai para pegar o bom Vitória. Façam suas apostas.

Hora de constrangimentos

O Vicente, do 3VV, da conta de que a política interna do clube ferve. Há uma articulação para a prorrogação do mandato do atual presidente, que se acha o único talhado para “... fazer frente nas urnas a um eventual candidato de Mustafá Contursi (Mario Giannini seria a bola da vez)....”.

Já me posiciono, de antemão, NÃO AO GOLPE! Prorrogação de mandato, no apagar das luzes, é uma atitude que remonta a outro presidente, de memória não saudosa. E você Palmeirense, o que acha disso?

Nome à venda

O Barneschi (ForzaPalestra) dá conta que a Traffic está entrando de sola no(s) projeto(s) da WTorre das arenas que serão construídas para a Copa do Mundo no Brasil, inclusive a do Palmeiras. O papel da Traffic seria a de comercializar os NOMES dos estádios. O Barneschi, pelo jeito, é contra a mudança de nome.

Eu, não me importo muito com isso. O Palestra já teve outro nome, um nome comercial: Parque Antárctica. O que importa mesmo é como o torcedor irá nomear o estádio. A arena do Atlético do Paraná se chama Kiocera, mas algum torcedor o nomeia assim? Não, a chamam pelo nome de Arena da Baixada. O Palestra será sempre, para a torcida verde, Palestra Itália.

Sobre Ídolos

O Felipe Giocondo (Sobre Porcos e Ratos) lança uma enquete para saber do torcedor/leitor de seu Blog qual foi (é) o maior ídolo da recente história do Palmeiras. Para ele Felipão. Para mim São Marcos. E para você?

Forza Palestra!

7 de set de 2008

Bolão - conferência da 24a. rodada

Eis como ficamos:

Drops

Semana para ser esquecida

Em todos os sentidos. Depois de muito tempo não estive no Palestra. Uma infecção, que nem o médico sabe dizer de onde e como se origina(ou), me pegou. Desde quinta-feira pela manhã estou com febre, dores generalizadas no corpo. A boa notícia é que o médico disse que não é de origem virótica (não é dengue, não é pneumonia, não é catapora, não é AIDS...). A má notícia é que apesar daquilo que não é ela segue por aqui, então - por isso - não tive forças para atualizar o blog nos últimos dias.

Palmeiras

Tem coisas que são inexplicáveis. Quarta derrota consecutiva para aquele time medíocre, de jogadores medíocres, de técnico medíocre, de torcida medíocre... A má notícia é que o Grêmio empatou e abriu 6 pontos, a boa notícia é que o Jeci se machucou e nos 'desfalcará' por apenas 90 dias (poderia ser eternamente).

Luxemburgo

Tomar o quarto nó tático do Nelsinho Batista, ganhando o que ganha, é inaceitável. Mesmo o time começando mal, tomando o primeiro gol, e indo para o vestiário levando um vareio de bola, mantive as esperanças. O 'professor' dá um jeito, vai mudar o time e vamos virar; essa era a esperança. Efêmera, pois ao ver que o 'professor pardal' voltou com o Lenny joguei a tolha. Depois, Maicossuel... Depois, Denilson... Como disse o Felipe Giocondo, lá no Sobre Porcos e Ratos: Vão a merda os quatro!

Bolão

Atualizarei o mais breve possível. Assim que as condições físicas me permitirem. Criei o chinelinho de 'blog’.

Banner

Em uma campanha de marketing de fazer inveja o vencedor foi o Carlinhos de Botucatu. O cara contou com a ajuda dos amigos, dos familiares, dos vizinhos e conseguiu arregimentar 20 votos, seguido pelo Nespoli que teve 5 votos e pela segunda proposta do Tibé, que teve 1 voto. Em breve coloco o novo banner no Blog. Peço ao Carlinhos que entre em contato, mande - por e-mail - seu endereço para que eu possa fazer a entrega do premio a ele. Parabéns ao Carlinhos, obrigado a todos que colaboraram e votaram.

Forza Palestra: 1 ano


No dia 5/9 de 2007, há exatos 365 dias na última sexta-feira, tiveram início as postagens aqui neste espaço. Meus agradecimentos a todos que estiveram por aqui, mas meus agradecimentos a aqueles que continuam a aturar as rabugices deste que vos escreve, pois ele é exigente. Ele quer uma diretoria que respeite seu torcedor e um time campeão. É que ele é velho, nostálgico, do tempo em que se jogava por amor à camisa? Não, isso é besteira, sou do tempo que a palavra da moda é profissionalismo, então, é isso que exijo por aqui. Valeu.

3 de set de 2008

Bolão - 24a. Rodada

Está no ar a 24a. Rodada do Bolão do Brasileirão 2008.



Em tempo: Peço para que o André poste para o Raphaello, devido à impossibilidade dele em fazê-lo.

1 de set de 2008

NOTA SOBRE O CRUZ DE SAVÓIA

Reproduzo abaixo a nota publicado no Blog do Meu Saco, referente ao Blog Cruz de Savóia:

Aos leitores e amigos do "Cruz de Savóia"



Para quem não sabe: Raphael Falavigna, o celerado que comanda o blog "Cruz de Savóia", é meu irmão. E o blog dele anda parado porque meu irmão, 35 anos, contraiu catapora. Isso mesmo: catapora. Pode parecer engraçado, mas é bastante sério e ele foi, inclusive, internado. E está internado, em isolamento. E não pode receber visitas - a não ser de ex-cataporentos - ou, muito menos, atualizar blogs. De qualquer forma, trata-se de uma infecção perigosa e que ainda não foi vencida. Mas será, estou certo disso. E é isso. Vou fazer o possível para manter este blog em seu funcionamento mínimo (como o Bolão, por exemplo), mas as prioridades, agora, serão outras. Prometo, ainda, mantê-los informados acerca do estado do titular do "Cruz de Savóia". E o que mais fazer?

Rezar, ora bolas.

Até breve.


Melhoras ao amigo Raphael.

Bolão - resultado da 23a.Rodada

Se não houver erros ficamos assim: