A ARQUIBANCADA NA REDE - WEB ARQUIBANCADA
"Em 40 anos de jornalismo, nunca vi liberdade de imprensa. Ela só é possível para os donos do jornal". (Cláudio Abramo, que dirigiu Folha e Estadão)

Busca

Pesquisa personalizada

22 de out de 2009

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Comunicação não é uma atividade das mais fáceis. Entre aquilo que pensamos e escrevemos, e aquilo que é interpretado, há uma diferença enorme. Daí, para virar algo verdadeiro, mesmo que a interpretação sobre o raciocínio inicial tenha muita diferença deste, é fácil.

Então, para que não haja mal entendidos, a propósito de meu texto (Caro Professor Beluzzo), esclareço o seguinte:

1) Não fui ameaçado por ninguém. Nem por Conselheiro, nem por Diretor, nem pela Assessoria de Imprensa do Palmeiras;

2) Isso não quer dizer que outro blogueiro, que prefiro manter no anonimato
a pedido dele, não tenha sido ameaçado por um Conselheiro do Palmeiras;

3) Isso não quer dizer que uma ação de marketing de um outro blogueiro não tenha sido interrompida porque ele criticou o time e a direção do Palmeiras;

4) Isso não quer dizer que não houve um lamentável bate-boca entre esse blogueiro e um membro da Assessoria de Imprensa do Palmeiras, via Twitter, durante duas noites.

Mesmo expondo as razões acima mantenho tudo que disse na referida carta ao Presidente do Palmeiras. Linha por linha, letra por letra.

Quanto ao bate-boca com a LíberoCom cabe esclarecer que recebi e-mail do Carlos Lia, da referida Assessoria, dando conta que ele foi repreendido pelo fato, e que os outros membros da Líbero nada têm a ver com isso. Fato que me deixa duplamente feliz. Primeiro, porque baixada a temperatura fui tratado com o devido respeito que mereço: como um Palmeirense e como cidadão; e em segundo lugar, porque esse e-mail esclarece que o Finelli nada teve a ver com o fato, inclusive, está muito incomodado com isso tudo, pois ele – mais do que ninguém – foi vítima de censura e retaliações em passado não distante.

Quanto aos outros fatos: a ameaça a um amigo blogueiro, e o fim da ação de marketing devido a divergências de opiniões, reitero que considero fatos graves e que precisam ser esclarecidos.

No caso da ação de marketing, mesmo que seja uma opção da empresa fazê-la com A ou B, pesa o fato de se mostrar como as coisas ainda funcionam no Palmeiras, e o considero grave, pois basta uma opinião divergente para que o poder discricionário de alguém entre em campo. O que resta saber é quem tem esse poder, e em nome de quê – ou de quem – o exerce.

O outro caso, o da ameaça, é do tipo gravíssimo. Ela partiu de um membro da instância mais representativa do Palmeiras, seu Conselho Deliberativo. Esse tipo de coisa nos remete a um passado sombrio, onde quem discordava do status quo era censurado, tinha seu nome colocado em listas, era ameaçado fisicamente.

O fato de blogueiro criticar blogueiro eu acho até saudável, afinal, é assim que se constrói a democracia. Além disso, opiniões podem mudar ao sabor dos fatos. O que ontem era apoio irrestrito, e crítica àqueles que não aceitavam isso, hoje não é tão irrestrito assim. Amanhã, quem sabe, até eu empreste o meu apoio incondicional, mas isso assim o será segundo minha consciência, de forma alguma o empenharei sob a égide do pensamento único e principalmente do terror.

3 comentários:

  1. Mais um ótimo post.

    Tem algo de estranho no Palmeiras, o clima está muito estranho.

    O time não vence mais e a diretoria sumiu, não aparece ninguém para falar sobre o que anda ocorrendo.

    Sobre a censura, repudio com todas as minhas forças. Quanto a blogueiros criticarem blogueiros, também não vejo problemas, mas percebi uma "ação conjunta" para desqualificarem Seo Cruz. Isso não acho bacana.

    ResponderExcluir
  2. Ademir, não vou prolongar o assunto pois, afinal, foi tudo resolvido.

    Só queria esclarecer uma coisa, para o bem de todos: ninguém aqui censura ninguém. Eu sempre zelo pela honestidade e não tolero mentiras. Só isso. É simples. Quando a imprensa mente, pode ter certeza que a gente cobra internamente. Se resolve? Não sei, mas a gente tenta fazer a nossa parte. Isso não é censura, isso é democracia.

    O que eu li por aí foi muito grave. Por mais que A ou B tenha falado. Se 'fulano' falou algo, vou logo saindo escrevendo. Não é assim e acho que você concorda comigo.

    Espero que esse debate encerre esse mal entendido e a gente continue acreditando que as coisas não só mudaram como continuarão mudando.

    Forte abraço, Fábio Finelli

    ResponderExcluir
  3. Finelli,

    Acho que a nota já esclarece tudo, né?

    O problema - como eu digo na nota - não foiu a sua pessoa, pelo jeito nem a Líbero, foi que alguém, em nome da Líbero, bateu boca com blogueiros e torcedores.

    Quanto à censura, ela não partiru da Líbero, isso está claro, partir de conselheiro que ameaçou, e de sei lá quem que pediu para que alguém suspendesse ação de marketing com blogueiro crítico.

    No mais, bom trabalho a todos, para o bem de todos - principalmente do Palmeiras.

    Um abraço

    Ademir

    ResponderExcluir

Caro Palmeirense, aqui você pode fazer seu comentário. Como bom Palmeirense CORNETE!!!