A ARQUIBANCADA NA REDE - WEB ARQUIBANCADA
"Em 40 anos de jornalismo, nunca vi liberdade de imprensa. Ela só é possível para os donos do jornal". (Cláudio Abramo, que dirigiu Folha e Estadão)

Busca

Pesquisa personalizada

11 de out de 2007

O DONO (não) mordeu o cachorro!!!

Tenho um amigo que diz que na imprensa, para virar notícia, o dono tem que morder o cachorro. O cachorro morder o dono não adianta, é normal.

Isso mesmo, o normal não sai. O que é notícia é o extraordinário. Pois, não é que até nisso ELAS são boas.

Acabo de ver em um site que o Souza, aquele que não e lateral, não é meia, não é jogador de futebol, não é nada, é apenas ridículo, criticou o técnico da seleção porque esse não dá chances para jogadores que atuam no Brasil, notadamente ele! Como diria Roberto Avallone: Meu Deus!!!

Ele queria o quê? Ser chamado? Jogar onde? No meio? No lugar do Kaká? Do Ronaldinho Gaúcho? Seria na lateral que ele quer jogar? No lugar do Daniel Alves? Tá de brincadeira!

Até nisso a imprensa esportiva 'come barriga'. Um ser desses tentando aparecer - ou seria tentando mudar o foco da crise que se intala no time do Jardim Leonor Futebol Clube? - consegue ludibriar boa parte da 'mídia esportiva'.

Ainda dão espaço para isso. Na próxima semana vem o 'anão de jardim', santista, palhaço fantasiao de diretor do JLFC, revindicar uma vaga para o 'Soiza' na selação brasileira.

Tão brincando conosco. Por isso, não 'dou bola' pra 'mídia esportiva' brasileira. Nem pra seleção brasileira. Viraram motivo de chacota.

Em tempo: Coisa feia esse JLFC! Bens penhorados por não pagar INSS?! Mas, não são eles o exemplo de gestão moderna do futebol brasileiro?! Que semana! Perdem para os MISERÁVEIS, depois para os milionário; agora têm os bens penhorados. Quanto às derrotas eu sei o motivo: jogam sempre com um Homem a menos!

PS. Porque será que ainda existem comentaristas esportivos que insistem - em pleno campeonato brasileiro - em dar espaço para a seleção brasileira como se isso (ou essa) fosse a coisa mais impotante do mundo. AlÔ! O povo brasileiro gosta de seu time. Seleção só em Copa do Mundo, e para cabular umas horas no trabalho, tomar umas brejas, azarar umas gatinhas... No resto do tempo, f.-se a seleção. Ela não nos representa. Não tem jogadores que atuam por aqui, só serve para vender jogador, dar lucro para empresário e para cartola 'matusquela' (como dizia Aracy de Almeida).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caro Palmeirense, aqui você pode fazer seu comentário. Como bom Palmeirense CORNETE!!!