A ARQUIBANCADA NA REDE - WEB ARQUIBANCADA
"Em 40 anos de jornalismo, nunca vi liberdade de imprensa. Ela só é possível para os donos do jornal". (Cláudio Abramo, que dirigiu Folha e Estadão)

Busca

Pesquisa personalizada

14 de nov de 2009

Do que são feitos os Homens I

Já dissertei sobre isso aqui. Teimo em afirmar que sou contra. O Sport quer outro resultado, mas não o quer por inteiro, quer somente pela metade. Isso mesmo. Bambi que é, e a serviço de quem está – ano que vem vários juniores bambis estarão jogando por lá, tenho certeza, quer que aquele jogo tenha o resultado de 2x1 para eles. Isso mesmo.

Não querem outra partida, isso beneficiaria o Palmeiras, coisa que o patrão sulista, o São Paulo, não quer. Querem apenas que aquele jogo seja encerrado aos 39 minutos do segundo tempo. Assim 2x1 Sport.

Já disse aqui que não quero a volta do jogo. Terminou 2x2 e é o resultado de campo que vale. Mas, se os patéticos retirantes do pernambuco insistirem em pedir que o jogo valeu até x minutos, o que lhes interessa e ao seu patrão do sul, reivindicando algo surreal, deixo de lado minhas convicções e entro na briga.

Sou capaz de acionar quem quer que seja e paralisar essa excrescência. Afinal, tivemos mais um gol na gaveta nessa rodada; os bambis, o chefe do time dos retirantes, venceu com mais um gol duvidoso. Não é Madame e Subalterna?

Ano que vem os torcedores do Sport – se é que eles existem – que se preparem para a terceira. Serão abandonados pelos seus patrões. Eles mandarão alguns juvenis, nada que os salve da bancarrota. E não terão piedade.

Quem viver verá. Tenho pena de vocês!

Um comentário:

  1. Excluído pelo moderador


    "Incrível! Teve até discussão entre o André Dias e o Hugo, mas os dois depois do jogo saíram de campo abraçados". (Benja, Folhetim Rosa, sobre o jogo contra o "Derrota")

    Realmente, comentarista esportivo ou é incompetente por natureza, e aí buscar no jornalismo esportivo a fama, ou é como quase todos, vendidos mesmo. O que acabo de ler nos seus comentários é digno de uma análise sociológica. Poderia qualificá-lo como isso, como aquilo, mas tais adjetivos seriam desnecessários diante de tamanha parcialidade.
    E assim caminha o Brasil, os jornalistas e marketeiros conseguiram transformar a "m" num paraíso. Parabéns.

    ResponderExcluir

Caro Palmeirense, aqui você pode fazer seu comentário. Como bom Palmeirense CORNETE!!!