A ARQUIBANCADA NA REDE - WEB ARQUIBANCADA
"Em 40 anos de jornalismo, nunca vi liberdade de imprensa. Ela só é possível para os donos do jornal". (Cláudio Abramo, que dirigiu Folha e Estadão)

Busca

Pesquisa personalizada

10 de nov de 2009

Caro Presidente Beluzzo,

Já o critiquei muito neste espaço. Às vezes fui até virulento, da forma que o sangue calabrês que também corre em minhas veias me 'condenou' a ser.

Hoje, estou aqui para elogiá-lo. Não o farei de forma tão apaixonada como quando fiz as críticas, serei mais sucinto, mas faço do fundo d'alma, com o coração daqueles que sabem de onde vieram e não se entregam nunca, nem quando estão sob forte ataque.

Quando o elegemos presidente procurávamos a esperança de um novo Palmeiras. Forte e vencedor, mas - acima de tudo - sabíamos que teríamos a nossa frente, conduzindo os nossos rumos, um verdadeiro Palmeiras. Daqueles que não se dobram, daqueles que gostam de arquibancada, daqueles que amam o Palmeiras incondicionalmente.

Domingo, ontem e hoje, tivemos a certeza de que não erramos. Suas fortes declarações, sua defesa que aliou razão e paixão, foram na medida exata daquilo que todos nós, torcedores Palmeirenses, esperamos de quem tenta - dia após dia - levar o Palmeiras novamente para a trilha da grandeza, que muitos dos que lhe criticam nem fazem a mínima idéia do que seja. Não é o caso desse espaço.

Aqui, sempre encontrarás as críticas, sempre no intuito de lhe ajudar em sua empreitada, mas terás apoio - incondicional - sempre que sentirmos que o caminho traçado está correto.

Ganhastes, com sua postura, diversos críticos. A mídia - aquela que sempre está com os pés no Brasil e a cabeça na Europa, já o critica. Isso não é a postura que esperávamos de um intelectual, dizem eles. Aqui ganhou mais admiração, aquela que eu já tinha e só fez crescer com vossa postura.

O tempo da submissão do gigante verde - temos certeza - ficou no passado. Temos - com o nosso timoneiro - a certeza de que os novos tempos estão chegando, mesmo que para isso tenhamos que vez por outra administrar alguns 'sopapos pedagógicos', mesmo que eles sejam apenas verbais.

Amanhã, estaremos novamente em nossa casa, empurrando, apoiando, torcendo, acreditando... Amanhã, estaremos todos de braços dados para mais uma batalha rumo a mais um título brasileiro. Tenho certeza que mesmo não nos encontrando nas arquibancadas cada Palmeirense, aqueles que nunca abandonam o time, a verdadeira torcida que canta e vibra, estará durante os noventa minutos lembrando que temos que fazer a nossa parte, pois o time fará a dele, e o senhor - como sempre - está fazendo a sua.

No mais, deste espaço e deste blogueiro, desde sempre, tem a admiração e o apoio. Conte conosco, para o que der e vier. Precisando estamos por aqui, aliás, estamos por toda a parte, pois como mesmo disse o senhor, somos uma nação de quinze milhões de Palestrinos.

Caro professor Beluzzo, o senhor não está sozinho. Somos muitos.

Um grande abraço e conte conosco .

Forza Palestra!

2 comentários:

  1. Concordo com você, cade os palmeirenses ilustres, aqueles que há alguns meses participaram de uma festa patrocinada pelo clube. Cade o governador, que sabe falar para todos os ventos que é palmeirense, mas nunca fez nada pelo PALMEIRAS.Nos torcedores anonimos estamos com o Presidente Belluzzo e estaremos em "massa" torcendo pelo nosso time no Palestra, com certeza o clima vai ferver e vamos ter uma grande vitoria

    ResponderExcluir

Caro Palmeirense, aqui você pode fazer seu comentário. Como bom Palmeirense CORNETE!!!