A ARQUIBANCADA NA REDE - WEB ARQUIBANCADA
"Em 40 anos de jornalismo, nunca vi liberdade de imprensa. Ela só é possível para os donos do jornal". (Cláudio Abramo, que dirigiu Folha e Estadão)

Busca

Pesquisa personalizada

28 de abr de 2009

Gerador de posts

Lembram daquela brincadeira que havia na internet onde você colocava alguns termos, verbos, substantivos em locais chaves e, automaticamente, se gerava um texto, fosse ele uma novela de Benedito Rui Barbosa, música dos Tribalistas, dos Engenheiros do Havai, etc.?

Pois bem, hoje o Forza Palestra pega um texto que já perdeu a validade, troca alguns nomes e o mesmo ainda faz muito sentido. Aliás, faz mais sentido que o original, pois o dono da pérola, na maior desfaçatez, já fez o mea-culpa e ontem, no programa que participa semanalmente, exibia sorrisos e frases engraçadinhas, como se nada de desabonador houvesse dito sobre Ronaldo.

Hora de parar para Kfouri

Kfouri está desmanchando seu nome.

Tem feito sua ‘marca’ virar pó.

Não ajuda trazer patrocínios para os locais onde trabalha como se imaginava e só se mete em confusões.

Se ao lado do ‘jornalista’ imprudente não é mero detalhe.

Porque Paulinho representa nada na imprensa esportiva brasileira se comparado a ele, ‘o Sr. Ética, Moral e Bons Costumes’.

Kfouri tem todo o direito de viver como quiser e desfrutar do que acumulou pela sua vida de profissional da informação.

Mas não consegue conviver com a ambiguidade da vontade de voltar a fazer jornalismo de verdade e de criar monstrinhos farsantes à noite.

Por isso é que será melhor para ele anunciar que parou com o jornalismo.

Com o que não apenas não enganará mais ninguém, mas, sobretudo, deixará de se enganar.

Porque Kfouri hoje é o Kfuro.

Infelizmente.

Do texto original: Hora de parar para Ronaldo

2 comentários:

Caro Palmeirense, aqui você pode fazer seu comentário. Como bom Palmeirense CORNETE!!!