A ARQUIBANCADA NA REDE - WEB ARQUIBANCADA
"Em 40 anos de jornalismo, nunca vi liberdade de imprensa. Ela só é possível para os donos do jornal". (Cláudio Abramo, que dirigiu Folha e Estadão)

Busca

Pesquisa personalizada

28 de jan de 2008

Ídolo em destaque

João Leiva Filho, ou Leivinha para os Palmeirenses, foi um dos maiores craques da chamada segunda Academia de Futebol, que marcou época no início da década de 70. Um dos melhores cabeçeadores da história do futebol brasileiro, Leivinha se destacava pelo fato de também ser muito bom com os pés, fato muito raro pra qualquer jogador, aliar habilidades tanto pelo chão quanto pelo alto. De posicionamento perfeito, estilo avantajado e com faro de gol, passou seis anos no Palmeiras, conquistou títulos e chegou à seleção brasileira, por quem disputou a Copa de 74, além de marcar o milésimo gol da história da equipe canarinha, em amistoso contra o Zaire.

Pode-se dizer que formou o melhor meio-campo da história do Verdão, junto com Ademir e Dudu, sempre aliando técnica, raça e correspondendo as expectativas da torcida, que tinha no jogador um grande ídolo. Foi vítima, desde aquela época, de um dos maiores erros de arbitragem da história do futebol brasileiro, na final do Paulistão de 71. Não fosse o erro de Armando Marques, que entendeu que Leivinha fez com a mão mais um de seus muitos gols de cabeça, o Palmeiras teria sido campeão Paulista naquele ano.

Jogos: 263

Gols:104

Títulos: Robertão 1969, Brasileiro 1972/73, Paulista 1972/74.

Fonte: PTD.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Caro Palmeirense, aqui você pode fazer seu comentário. Como bom Palmeirense CORNETE!!!