A ARQUIBANCADA NA REDE - WEB ARQUIBANCADA
"Em 40 anos de jornalismo, nunca vi liberdade de imprensa. Ela só é possível para os donos do jornal". (Cláudio Abramo, que dirigiu Folha e Estadão)

Busca

Pesquisa personalizada

23 de jan de 2008

Ídolo em destaque

JORGE MENDONÇA

POSIÇÃO - MEIA
NOME - JORGE PINTO MENDONÇA
DATA DE NASCIMENTO - 06/06/54
LOCAL - SILVA JARDIM (RJ)
FALECIMENTO - 17/02/2006
HISTÓRICO - No ano em que o Palmeiras perdia o futebol de Ademir da Guia, que encerrara sua carreira, aparecia no Parque Antártica um meia esguio e talentoso, vindo do Náutico (PE), que entraria para a história e deteria uma marca amarga para o clube: durante mais de 16 anos, foi de Jorge Mendonça o gol do mais recente título obtido pelo Verdão. De cabeça, em 18 de agosto de 1976, ele encobriu o goleiro Doná, do XV de Piracicaba, e fez o único gol da vitória palmeirense, que valeu a conquista do Campeonato Paulista daquele ano. Ficou até o final de 1978, quando foi negociado com o Vasco (RJ).
PRINCIPAL TÍTULO - Paulista (76)

6 comentários:

  1. Que bom você me lembrar do velhor Jorge Mendonça! Além do meu avô palestrino do tempo da Concha Acústica no Pacaembú, o Jorge foi um dos responsáveis por eu ficar palmeirense, mesmo tendo que aguentar uma eternidade para ver o Verdão campeão de novo! Jorge também me faz lembrar de outro cara com o mesmo nome que honrou o Palmeiras: o Jorginho... E mais um monte de jogador meia-boca, como diz o Milton Neves: Esquerdinha, Baroninho, Beto Fuscão... Final dos anos 70 e a década de 80, o verdão era o time do "agora vai!", e nunca ia... Quem sobreviveu a esta época, é herói. E tamos aqui! Verdão sempre!!!

    ResponderExcluir
  2. Fala, Ademir!
    Nossos blogs têm quase o mesmo nome, né? Deixei no meu um link para o seu. Parabéns pelo conteúdo. Abraços

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Caro Alex, dia desses revi um jogo (na Cultura) entre o Palmeiras e o Santos. Como jogava o J. Mendonça. Que categoria, que classe. O futebol era diferente, toque de bola, jogo cadenciado. Senti saudades.
    Valeu pelo comentário.
    Abraço

    ResponderExcluir
  5. Forza Palestra,

    Vou deixar o seu blog nos indicados também. Sabia da existência dele, mas não coloquei antes por não conhecer ninguém de lá, mas agora, já posso colocar.
    Estou pensando (junto com o pessoal do OV, Parmerista e OFalavigna) em organizar um encontro de todos que escrevem sobre o Palmeiras (mídia alternativa Alviverde). O que você acha?

    ResponderExcluir
  6. Fala, Ademir!

    É uma excelente idéia.

    Temos todos os mesmos ideais e freqüentamos o mesmo local, mas não nos conhecemos pessoalmente.

    É provável que já tenhamos nos encontrado nos tantos jogos do Palestra, e seria essencial se fôssemos todos devidamente apresentados. É uma oportunidade para afinar ainda mais essa mídia palestrina.

    Pode contar comigo.

    Meu e-mail do blog é o forza.palestra@yahoo.com.br

    Abraços,
    Rodrigo Barneschi

    ResponderExcluir

Caro Palmeirense, aqui você pode fazer seu comentário. Como bom Palmeirense CORNETE!!!